CIDADANIA

Em dois anos, Rio Grande do Norte reduz em quase 20% o número de mortes violentas

Os números ainda são altos, mas nos últimos dois anos, o Rio Grande do Norte conseguiu reduzir o número de mortes violentas em 19,4%. A comparação foi feita entre os dois primeiros anos da atual gestão da Governadora Fátima Bezerra (PT), com os dois anos iniciais da gestão anterior, do ex-governador Robinson Faria, pai do atual ministro das Comunicações do governo Bolsonaro, Fábio faria (PSD). Segundo dados da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (COINE) da Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), no biênio 2015/2016 foram registradas 3.666 mortes violentas em todo o RN. Já nos anos de 2019/2020, foram 2.954 mortes violentas no estado, 712 a menos numa comparação entre os dois períodos.

Fazendo uma análise de vítimas por sexo, na gestão de 2015/2016, foram registradas 3.445 vítimas do sexo masculino e 219 do sexo feminino. Já entre 2019/2020 foram mortos 2.762 homens e 188 mulheres. A redução de homens assassinados foi de 19,8% e de 14,2%, nos casos de mulheres assassinadas. Entre os anos de 2015/2016, dois casos de homicídio ficaram sem a determinação do sexo das vítimas. Já no biênio 2019/2020, são quatro casos que ainda estão em análise pericial.

Os casos de feminicídio, que é quando a vítima é morta pelo fato de ser mulher, foram os que mais diminuíram. Entre 2015/2016, foram registradas 74 mortes de mulheres em todo o estado. Já no biênio 2019/2020, foram contabilizados 34 casos, o que implica numa redução de 54,1%.

As ameaças contra a mulher também tiveram pequena queda. Passaram de 4.089 denúncias em 2019, para 4.035 em 2020 (-1,3%). Houve redução, também, nos casos de agressão contra a mulher. Foram 4.169 ocorrências de lesão corporal sem mortes registradas em 2019, contra 2.737 registradas em 2020 (-34,3%). Os casos de violência contra a mulher dentro do ambiente familiar também tiveram redução d quase 50%. Foram 3.324 casos de violência doméstica em 2019 e 1.711 ocorrências registradas em 2020, o que resulta numa queda de 48,5%.

Os crimes de homicídio doloso, que são aqueles nos quais há intenção de matar, passaram de 3.095 entre 2015/2016 para 2.296 em 2019/2020. Uma redução de 25,8% na ocorrência desse tipo de crime. As lesões corporais seguidas de morte tiveram queda de 20,3%. Elas passaram de 232 entre 2015/2016 para 185 em 2019/2020.

As cidades de Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Extremoz, Ceará-Mirim, Arez, Goianinha, Ielmo Marinho, Maxaranguape, Monte Alegre, Nísia Floresta, São José de Mipibu, Vera Cruz e Bom Jesus, compõem a Região Metropolitana de Natal e, frequentemente, apresentam altos índices de violência. Apesar dos números, ainda preocupantes, houve queda no número de mortes da região. Foram 1.077 mortes na gestão de 2015/2016, contra 580 no biênio 2019/2020. Uma redução de 46,1%, que foi ainda maior em Parnamirim, onde foram registradas 312 mortes em 2015/2016 e 150 em 2019/2020, numa queda de 51,9%. Também foi registrada baixa nas mortes provocadas por intervenção policial que passou de 170 em 2019 para 144 em 2020, numa queda de 55,5%.

Crimes Violentos Letais Intencionais (CLVI)

Total de Mortes Violentas em 2015/2016 (dois primeiros anos da última gestão): 3.666

Total de Mortes Violentas em 2019/2020 (dois primeiros anos da atual gestão): 2.954

Redução de 19,4% / Vidas salvas: 712

FEMINICÍDIO

Total de mulheres mortas em 2015/2016: 74

Total de mulheres mortas em 2019/2020: 34

Redução de 54,1%

Total de mulheres mortas em 2019: 21

Total de mulheres mortas em 2020: 13

Redução de 38,1%

HOMICÍDIO TOTAL DE MULHERES

Total de mulheres mortas em 2019: 104

Total de mulheres mortas em 2020: 84

Redução de 19,2%

HOMICÍDIO DOLOSO

Total de mortes em 2015/2016: 3.095

Total de mortes em 2019/2020: 2.296

Redução de 25,8%

LESÃO CORPORAL COM MORTE

Total de crimes em 2015/2016: 232

Total de crimes em 2019/2020: 185

Redução de 20,3%

Total de crimes em 2019: 128

Total de crimes em 2020: 57

Redução de 55,5%

MORTES POR INTERVENÇÃO POLICIAL

Total de mortes em 2019: 170

Total de mortes em 2020: 144

Redução de 55,5%

NATAL

Total de mortes em 2015/2016: 1.077

Total de mortes em 2019/2020: 580

Redução de 46,1%.

PARNAMIRIM

Total de mortes em 2015/2016: 312

Total de mortes em 2019/2020: 150

Redução de 51,9%

Total de mortes em 2019: 80

Total de mortes em 2020: 70

Redução de 12,5%

MACAÍBA

Total de mortes em 2019: 83

Total de mortes em 2020: 64

Redução de 22,9%

CEARÁ-MIRIM

Total de mortes em 2015/2016: 145

Total de mortes em 2019/2020: 90

Redução de 37,9%

SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Total de mortes em 2015/2016: 81

Total de mortes em 2019/2020: 60

Redução de 25,9%

NÍSIA FLORESTA

Total de mortes em 2015/2016: 59

Total de mortes em 2019/2020: 32

Redução de 45,8%

SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Total de mortes em 2015/2016: 182

Total de mortes em 2019/2020: 177

Redução de 2,7%

Total de mortes em 2019: 103

Total de mortes em 2020: 74

Redução de 28,2%

MOSSORÓ

Total de mortes em 2019: 222

Total de mortes em 2020: 187

Redução de 15,8%

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *