TRABALHO

Entregadores por aplicativos fazem paralisação neste sábado em Natal

Os entregadores por aplicativos, como iFood e Rappi, fazem paralisação nacional neste sábado (11). A greve pede melhores condições de trabalho, aumento da taxa paga por entrega e direito à defesa em caso de bloqueios.

A Associação dos Moto e Bike Entregadores do Rio Grande do Norte (Ambern) aprovou a interrupção dos serviços apenas até o meio dia. De acordo com o presidente da entidade, Maciel Medeiros, não houve consenso para realização de bloqueios de avenidas e a adesão tem tempo reduzido pela condição financeira dos trabalhadores.

“Início de mês e um dia como hoje vai fazer falta para pagar as contas. O que conseguimos aqui foi aprovar esse horário”, lamenta Maciel.

Os trabalhadores pedem que os clientes não usem essas plataformas, priorizando os serviços de entrega das próprias lojas e restaurantes.

Eles reivindicam pagamento de R$ 10 para entregas de até 5 quilômetros, mais R$ 2 por cada quilômetro excedente. Também pedem vale lanche a cada 5 horas de trabalho, máscaras e álcool gel enquanto a pandemia persistir.

Outro ponto da pauta é o direito à defesa dos entregadores, diante da ocorrência de golpes. A pessoa recebe a comida, mas faz uma falsa denúncia no aplicativo como se a entrega não tivesse sido realizada. Dessa forma, recebe de volta o valor pago pelo pedido. Nesses casos, o entregador deixa de ganhar pela corrida e é bloqueado.

“Às vezes o cliente pode marcar que não recebeu a entrega mesmo tendo recebido e nós somos bloqueados de imediato. Pedimos direito à defesa”, reitera Maciel.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *