CULTURA

Espaço de Cultura e Arte Colonial é inaugurado em São Gonçalo do Amarante

Anúncios

Município de rica cultura na região metropolitana de Natal, São Gonçalo do Amarante ganhará um espaço de preservação de sua história e valorização dos artistas locais. O espaço colaborativo, loja e café colonial ‘São’ será inaugurado nesta quarta-feira (15), a partir das 17h.

As instalações do espaço contarão com um elemento histórico a mais, a Igreja Matriz da cidade. O São será localizado em um salão inserido no prédio tricentenário, que é considerado o monumento histórico mais representativo da cidade, de grande importância arquitetônica, constituindo um raro exemplar da arquitetura barroca no Rio Grande do Norte. Em 1963, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O projeto Lugares de Charme, em parceria com o SEBRAE, é um dos responsáveis pela Loja. A proposta é repaginar lugares como cafés, restaurantes e espaços com potencial turístico, tendo como base as especificidades locais e o design social. 

“O projeto traz um espaço de fomento à produção dos artesãos de São Gonçalo, recupera a auto estima da cidade e relembra ao povo que sua cultura é uma das mais ricas do estado. No São a gente trabalha a identidade cultural e a sensibilização social, os produtos dos artesãos locais ambientam o lugar e também estão à venda, podendo ajudar na renda desses artistas”, conta a designer social e idealizadora do projeto Cris Ribeiro. 

A Loja, Café Colonial e Espaço Colaborativo São, conta com a participação de 32 artesãos e promete movimentar o turismo da 4° cidade mais populosa do estado. O município já é conhecido pelos atrativos do turismo religioso como o Santuário dos Mártires de Uruaçu. 

Mesmo a repaginação sendo dentro da Igreja e em parceria com a paróquia, o projeto usa, recicla e põe em evidência objetos que já existiam antes em suas dependências, sem prejudicar a arquitetura e a história do patrimônio. 

A proposta do novo ambiente partiu de uma proposta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Turismo do município, além do São, outros dois recintos serão inaugurados.

É um projeto que valoriza  nossa cultura, dá visibilidade ao trabalho dos artesãos, torna nossa cultura uma referência e impacta diretamente no crescimento do turismo, fortalecendo os nossos atrativos, explica o Subsecretário de Turismo do Município, Bruno Luiz. 

O São conta ainda com serviços de gastronomia, cozinha ancestral e ambiente conceituado, com obras expostas feitas exclusivamente para o local. O nome homenageia a cidade e seu patrono São Benedito, proporcionando a identificação da população local com a ancestralidade religiosa da cidade. 

Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *