CIDADANIA

Estudante da rede pública de Mossoró é eleita presidenta da Mesa Diretora do Jovem Senador

Anúncios

De escola pública, mulher, negra e estudante, Laila Cristina de Paiva Soares foi eleita presidenta da Mesa Diretora do Jovem Senador, programa que leva jovens e adolescentes para conhecerem a rotina do Senado Federal. A aluna Centro Estadual de Educação Profissional Professor Francisco de Assis Pedrosa, localizado em Mossoró, foi a representante do Rio Grande do Norte e uma das 27 vencedoras do concurso de redação do programa que teve como tema “Cidadão que acompanha o Orçamento dá valor ao Brasil”. Na edição deste ano, foram inscritas mais de 120 mil redações.

Antes de conquistar os votos dos colegas, Laila disse, no plenário do Senado, que pretendia estimular a diversidade entre os participantes do projeto: “Estou me candidatando com o intuito de propagar a diversidade e a empatia para saber ouvir a opinião contrária. Nós vamos debater muitas ideias aqui e isso é muito importante”, ressaltou a estudante potiguar.

Emocionada com a vitória, Laila disse que o grande diferença do Programa Jovem Senador é dar oportunidade de expressão aos estudantes. (IMAGEM: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Laila Cristina terá como vice-presidente Thalita Pacher, de Santa Catarina; primeira-secretária Maria Adellaide, da Paraíba, e o segundo-secretário, Pedro Henrique de Araújo, é do estado de Alagoas. Durante toda a semana, os jovens senadores, cada um representando uma unidade da federação, participarão de uma simulação na qual serão eles os legisladores jovens do país.

O tema da redação do concurso de redação desse ano foi “Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil”, e para a estudante Laila, o diferencial do Programa Jovem Senador é dar oportunidade de expressão aos estudantes. “Minha principal bandeira é fazer com que a voz do jovem seja ouvida, porque muitas vezes nós falamos, mas não somos levados a sério”, enfatiza a jovem estudante potiguar.

Anúncios
Íntegra da redação de Laila, que foi escolhida como primeiro lugar na etapa estadual (IMAGEM: Reprodução)

O Projeto Jovem Senador foi criado em 2011 e dá aos estudantes do ensino médio de escolas públicas estaduais com idade até 19 anos a chance de conhecer de perto o processo legislativo brasileiro. Para concorrer, os jovens fazem redações sobre um assunto determinado a cada ano.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *