CIDADANIA

Famílias sem teto de Natal vão a sessão de cinema de curta rodado em ocupação

Moradores da Ocupação Emmanuel Bezerra, onde estão abrigadas cerca de 60 famílias sem teto no bairro da Ribeira, em Natal, vão assistir a uma sessão de cinema especial nessa próxima quinta (25), na biblioteca do Sesc da Avenida Rio Branco, no centro da cidade, onde será exibido o curta Impermanentes, uma mistura de ficção e documentário, filmado na própria ocupação.

O filme traz uma reflexão sobre como as pessoas em situação de rua, que já sofrem com desamparo e exclusão social, tiveram que lidar com a pandemia diante desse contexto de escassez, carência de cuidados básicos e informações mínimas para se protegerem. Problemas acrescidos pela onda de negacionismo e um ideal de fuga para o interior do estado, onde muitos imaginavam que a pandemia chegaria com menor intensidade.

Trecho do curta “Impermanentes”

Pra contar a história dos dois irmãos desabrigados e vindos do interior do estado (interpretados por Enio Cavalcante e Robson Medeiros), os diretores usaram como locação a Ocupação Emmanuel Bezerra, que ficou instalada em num antigo prédio no bairro da Ribeira até março de 2021. A interação entre os atores e as famílias que estavam na ocupação resultou na cena mais longa do curta-metragem. Nessa cena em específico, que tem caráter documental, os protagonistas conversam à noite com personagens não atores em situação de rua, dividindo várias das experiências por eles vividas na cidade como desabrigados.

 Impermanentes é dirigido por Julio Castro e Manoel Batista. O curta, idealizado e filmado entre o final de 2020 e início de 2021, foi aprovado para execução pelo Governo do RN através da Lei Aldir Blanc, com recursos do Governo Federal. As filmagens ocorreram em janeiro de 2021, através de uma coprodução entre Aboca Audiovisual, Kinohaus e Cruzeiro Filmes.

Trecho do curta “Impermanentes”

Após seu lançamento, em abril de 2021, Impermanentes foi selecionado para participar de importantes festivais do Brasil, como o Curta Cinema, festival internacional de curtas-metragens do Rio de Janeiro. Nesse festival, o cinema potiguar também foi representado pelo filme Sideral, dirigido por Carlos Segundo, que concorreu à Palma de Ouro em Cannes. Impermanentes também foi selecionado para o festival Entretodos – Festival de Curtas de Direitos Humanos de São Paulo; Festival Guarnicê de Cinema no estado do Maranhão; e para o Festival de Curtas de Campos do Jordão.

No Rio Grande do Norte, Impermanentes, que ganhou o Prêmio da Crítica da Associação de Críticos de Cinema do RN (ACCIRN), do Festival Goiamum Audiovisual e o Prêmio do Júri no Curta Parelhas, será exibido na IV Mostra Sesc de Cinema, na próxima quinta (25), às 14h, na biblioteca do Sesc da Avenida Rio Branco, na Cidade Alta. A entrada é gratuita. Depois da exibição, haverá um bate papo com os diretores do filme.

Confira outras matérias sobre essa temática:

Moradores sem teto vão ao cinema pela 1ª vez em Natal para assistir Marighella e seguranças tentam barrar foto do grupo

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo