DEMOCRACIA

Fátima cobra responsabilidade das prefeituras e convoca reunião para aumentar fiscalização nas praias

As cenas de aglomerações de jovens ao ar livre na praia de Ponta Negra registradas no final da tarde de domingo (20) provocaram indignação na população e também em representantes do poder público. As imagens lembravam um dia comum e ignoravam os mais de 1.600 mortos no Estado provocados pelo novo Coronavírus.

Nesta segunda-feira (20), durante a já tradicional coletiva de imprensa para a atualização dos dados epidemiológicos da Covid-19, o Governo do Estado responsabilizou a prefeitura de Natal por não coibir a multidão que se formou à beira-mar. Além de Ponta Negra, também foram registrados focos de aglomerações nas praias de Cotovelo e Tibau do Sul.

No final da tarde, em vídeo divulgado nas redes sociais, a governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou a convocação de todos os 20 prefeitos das cidades litorâneas do Rio Grande do Norte, representantes do bares e restaurantes nas praias, setor turístico e os órgãos de controle para uma reunião nesta terça-feira (21), a partir das 16h. Na pauta está a intensificação das fiscalizações na orla para evitar que imagens como as registradas na principal praia urbana de Natal se repitam:

“O que nós vimos em Ponta Negra nesse final de semana foi inaceitável. Eu tenho alertado que a pandemia não foi embora, que o vírus continua aí. Isso põe em risco todo o trabalho de prevenção que vem sendo realizado”, disse a governadora.

Embora não tenha citado nominalmente o município de Natal, Fátima mandou um recado ao prefeito Álvaro Dias e a todos os demais prefeitos que não tem empenhado em coibir o descumprimento de medidas de isolamento social:

– Vamos juntos discutir medidas mais fortes de fiscalização cobrando mais uma vez o papel das prefeituras, inclusive aquelas prefeituras que foram à Justiça pedir para legislar no plano local flexibilizando medidas. É importante que (essas prefeituras) levem em conta que cabem a elas a fiscalização no cumprimento dessas normas”, afirmou.

Fátima Bezerra também lembrou que o Rio Grande do Norte tem aparecido em rede nacional como o 2º estado que mais reduziu o número de mortes e de pacientes infectados pelo novo Coronavírus. Na avaliação dela, essa mudança se deve “ao trabalho incansável e responsável que temos feito de disponibilizar uma rede de leitos críticos e clínicos em várias regiões do Estado combinado com medidas assertivas de distanciamento e isolamento social adotadas desde o início da pandemia”.

“Se houver necessidade de reprimir com fiscalização intensa nós faremos”, diz prefeito

O prefeito Álvaro Dias (PSDB) também gravou um vídeo para comentar as cenas lamentáveis de aglomeração registradas domingo (19) na praia de Ponta Negra e classificou as imagens como “inadmissíveis e inaceitáveis”. Ele disse que enviará um ofício à governadora Fátima Bezerra colocando a Guarda Municipal à disposição do Estado para auxiliar as polícias Militar e Civil.

Na verdade, ações dos órgãos de fiscalização entre Governo e prefeituras estão acontecendo desde junho no chamado “Pacto pela Vida”. No entanto, a gestão Álvaro Dias não quis aderir ao programa.

Após a repercussão negativa do caso, o prefeito de Natal ameaçou até reprimir quem descumprir as medidas de isolamento social:

– Vou mandar ofício para a governadora disponibilizando a guarda municipal para em conjunto com a Polícia Civil e Militar para fazer um controle rigoroso e restritivo nas praias, no Centro da cidade, onde está liberada a circulação de pessoas, para exigir que todos utilizem máscara. Se houver necessidade de reprimir com a fiscalização intensa nós faremos ou teremos que retroceder, mandar fechar tudo e manter o isolamento social com rigor”, disse.

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *