TRANSPARÊNCIA

Fátima nega que tenha assinado “carta dos governadores” em favor da Reforma da Previdência

A governadora Fátima Bezerra (PT) negou há pouco que tenha autorizado a inclusão do nome dela numa carta em que supostos 25 governadores pedem a manutenção de Estados e municípios na Reforma da Previdência.

Segundo a carta, o déficit nos regimes de aposentadoria e pensão dos servidores estaduais, que hoje atinge aproximadamente R$ 100 bilhões por ano, poderá ser quadruplicado até 2060, conforme estudo da Instituição Fiscal Independente (IFI), do Senado Federal.

Pelo twitter, Fátima endossou uma postagem do governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) na qual ele critica o projeto:

– Reforma da Previdência: circula uma carta de apoio com supostas 25 assinaturas de governadores, várias não confirmadas. Não assinei a carta por considerar que o projeto do Governo Federal é injusto e precisa melhorar muito. Só o diálogo ponderado pode resultar em um projeto equilibrado

Na sequência da postagem, Dino afirma que não apoiará “genocídio contra os mais pobres e mais necessitados. Nem apoiarei a destruição da Seguridade Social com a tal da capitalização, de interesse dos bancos”.

A governadora do Rio Grande do Norte repercutiu a postagem do colega maranhense:

“- Meu caro Dino, faço das suas as minhas palavras e torno público que não autorizei a minha assinatura no citado documento”, afirmou.

 

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *