DEMOCRACIA

Fátima vai criar força-tarefa para recuperar R$ 170 milhões por ano da dívida ativa

A senadora Fátima Bezerra (PT) foi entrevistada nesta quinta-feira (19) pelos jornalistas Bruno Giovanni e Dinarte Assunção, na rádio 98 Fm. Pré-candidata à sucessão de Robinson Faria, ela lidera as pesquisas de intenção de voto para o Governo do Estado no Rio Grande do Norte.

Questionada sobre as primeiras medidas de um eventual governo do PT para reduzir o desequilíbrio financeiro das contas públicas, Fátima afirmou que uma das iniciativas será criar uma força-tarefa unindo procuradores e auditores fiscais para ampliar a recuperação de parte da dívida ativa do Estado, hoje avaliada em R$ 7 bilhões.

Reportagem da agência Saiba Mais, publicada em dezembro de 2017, revelou que a soma da dívida das 100 empresas que mais devem ao Estado chega a R$ 2,8 bilhões e daria para cobrir duas vezes o déficit previdenciário do Estado, estimado em R$ 1,3 bilhão. Leia a reportagem na íntegra aqui

Durante a entrevista, Fátima estimou que, com a força-tarefa, o Governo deve aumentar a recuperação de recursos dos atuais R$ 35 milhões para R$ 170 milhões por ano, quase cinco vezes mais do que o Estado consegue cobrar atualmente. A equipe concentrará esforços nas dívidas mais recentes, criadas nos últimos dois anos.

A medida foi implantada com sucesso na gestão do governador Flávio Dino (PCdoB), no Maranhão.

O secretário da Fazenda do Maranhão Marcellus Ribeiro participou há um mês em Natal de um seminário sobre gestão fiscal promovido pela pré-campanha de Fátima Bezerra. Ele apresentou algumas experiências exitosas da gestão comunista que conseguiram amenizar o caos financeiro e administrativo deixado no Estado pelas sucessivas gestões da oligarquia Sarney.

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *