CIDADANIA

Festas de fim de ano podem gerar super espalhamento da covid-19: veja como se proteger

Em um ano atípico de pandemia da covid-19, isolamento social e uso de máscaras, as recomendações para as confraternizações natalinas em 2020 têm que levar todo esse contexto em consideração. Portanto, nada de abraçar os amigos e parentes como se nada estivesse acontecendo.

Encontros com mais de cinco pessoas já podem ser considerados aglomeração. O ideal é que todos os convidados estivessem isolados há, pelo menos, duas semanas. As máscaras devem ser uma constante durante a festa e só devem ser retiradas na hora de se alimentar. Há uma preocupação de que o Natal e o réveillon aumentem consideravelmente os casos de covid-19 em todo o país, com sobrecarga do sistema de saúde com os primeiros casos surgindo duas semanas depois.

“O contágio já é alto atualmente. Mas, as aglomerações de fim de ano devem aumentar ainda mais esse índice que está longe do ideal. A partir daí dois efeitos podem acontecer; a curto prazo temos o espalhamento do vírus e o agravamento de pessoas que vão se contaminar hoje (24) e amanhã; e a longo prazo, temos o prolongamento da pandemia por mais tempo. Um exemplo prático foi o Thanksgiving nos Estados Unidos no mês de novembro, quando houve um super espalhamento do vírus”, avalia José Dias do Nascimento Júnior, astrofísico da UFRN responsável pela elaboração das projeções de infectados e óbitos do Comitê Científico do Nordeste.

Para reduzir os riscos de disseminação do novo coronavírus o melhor é evitar festas e aglomerações, mas como a maioria das pessoas vai encontrar os parentes e amigos, a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) faz algumas recomendações. O material foi elaborado com base numa cartilha criada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Lembrando que, mesmo com todas as recomendações, nenhuma medida é capaz de barrar por completo a possibilidade de transmissão de covid-19:

Recomendações

  • Use máscara sempre que não estiver comendo ou bebendo e tenha um saco para guardá-la. Além de sempre levar uma máscara limpa extra, para o caso de necessidade de troca;
  • Evite aglomerações e mantenha a distância de, pelo menos, 2 metros entre os participantes e evite apertos de mão ou abraços;
  • Dê preferência a locais abertos ou bem ventilados. Evite o uso de ar-condicionado;
  • Lave as mãos com frequência durante o evento com água e sabão ou use álcool;
  • Não compartilhe objetos, como talheres ou copos. Se tocar em objetos que estejam sendo compartilhados com outros convidados, higienize suas mãos;
  • Se você está com sintomas relacionados à Covid-19, já tem o diagnóstico da doença ou ainda está no período de 14 dias desde que teve os primeiros sintomas (mesmo que não tenha feito um teste de diagnóstico); ou está aguardando o resultado de um teste para saber se está com a doença; ou manteve contato com alguém que teve a doença nos últimos 14 dias, fique em casa! Mantenha o isolamento social e não convide pessoas para sua casa!

Protocolos para receber familiares em casa

  • Limite o número de convidados de acordo com o tamanho do espaço e dê preferência a locais abertos ou bem ventilados. Evite o uso de ar condicionado;
  • Oriente seus convidados a levarem suas próprias máscaras;
  • Evite música alta para que as pessoas não tenham que gritar ou falar alto;
  • Não deixe que os convidados formem filas para serem servidos e oriente para não se sentarem todos reunidos na hora da ceia;
  • Disponibilize sabão e papel para secagem de mãos no banheiro, além de álcool em gel nos ambientes;
  • Utilize lixeira com pedal para que as pessoas descartem seus lixos sem precisar colocar as mãos na tampa;

Preparo de Alimentos

  • É essencial lavar as mãos antes de preparar a comida e usar máscara durante o preparo, além de limitar o número de pessoas no ambiente em que a comida estiver sendo preparada ou manuseada;
  • Para evitar contatos desnecessários é recomendado disponibilizar bebidas em embalagens individuais (latas ou garrafas), arrumadas em baldes com gelo, para que as pessoas possam se servir sozinhas. Condimentos, molhos para salada ou temperos devem ser embalados individualmente. O compartilhamento de utensílios para servir a comida deve ser evitado e pratos e bebidas em recipientes não individuais devem ser servidos por uma única pessoa.

 

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *