Principal

FIERN/Certus: Fátima lidera para o Governo e abre 11 pontos de vantagem

A senadora Fátima Bezerra (PT) ampliou a vantagem para os concorrentes e consolidou a liderança isolada na disputa para o Governo do Estado.

Em pesquisa divulgada na manhã deste domingo (6) pelo Instituto Certus/Fiern, Fátima aparece com 25,6% das intenções de voto, mais de dez pontos percentuais de diferença em relação ao ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), o segundo colocado, com 14,4%.

Em terceiro lugar, ainda mais distante, está o ex-governador Geraldo Melo (PSDB), com 7,44%. O percentual dos demais concorrentes, incluindo o governador Robinson Faria (PSD), não foi divulgado. Ainda pela pesquisa, 31,49% não votaria em nenhum dos candidatos citados.

Se as eleições fossem hoje, nas simulações de 2º turno, Fátima Bezerra seria eleita em todos os cenários. Já o governador Robinson Farias (PSD) foi citado por 5,04% dos entrevistados.

Num comparativo com a última pesquisa divulgada pela FIERN, mas utilizando a metodologia do Instituto Consult, a senadora Fátima Bezerra cresceu 5%. Em dezembro de 2017, a petista tinha 20,29% das intenções de voto e agora foi citada por 25,6%. O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) também cresceu, mas de forma mais tímida. O pedetista tinha 11,41% no final do ano passado e agora aparece com 14,73%.

Já numa comparação com a última pesquisa realizado pelo Instituto Certus, em novembro de 2017, Fátima Bezerra e Carlos Eduardo Alves se mantém com os mesmos percentuais de intenção de voto. A petista já liderava com 25,82%, enquanto Alves tinha os mesmos 14,73%, uma diferença de 11%.

 

Disputa para o Senado segue indefinida

Garibaldi Alves (19,08%), José Agripino (13,40%) e Zenaide Maia (11,77%) foram os mais citados na disputa pelo Senado Federal na pesquisa FIERN/Certus. Duas vagas estão em aberto. Os dois senadores e a deputada federal vêm se revezando nas três primeiras colocações, a depender do Instituto que realiza a pesquisa.

Já na pesquisa espontânea, quando o eleitor diz o nome que lhe vem à cabeça, o primeiro voto para o senado teria Garibaldi Alves (2,98%), Zenaide Maia (2,55%) e José Agripino Maia (1,91%).

 

Lula presidente

Para a presidência da República, os eleitores potiguares ignoraram a prisão do ex-presidente de Lula. No Rio Grande do Norte, 40,07% dos entrevistados declararam voto no petista. Em segundo lugar aparece Jair Bolsonaro (7,73%), seguido de Ciro Gomes, com 2,98%, e Marina Silva, com 2,91%.

Numa eventual eleição sem o ex-presidente Lula, o principal beneficiado seria o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), citado por 11,43%. O cearense teria praticamente o mesmo percentual de um eventual candidato do PT, que teria 11,59%.

 

Voto casado

A pesquisa FIERN/Certus também questionou o voto casado entre governador e presidente. Entre os eleitores da senadora Fátima Bezerra, 18,39% votam em Fátima e num candidato do PT, 16,14% votam em Fátima e em Ciro Gomes e 10,76% votam em Fátima e na ex-ministra Marina Silva.

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *