Principal

Fila por UTI no Rio Grande do Norte tem 34 pacientes; mortes por Covid-19 chegam a 323

Anúncios

A fila por UTI no Rio Grande do Norte já conta com 34 pacientes. No somatório geral, 109 pessoas estão à espera de um leito. Desses, 75 pacientes aguardam leitos de estabilização e média complexidade.

A secretaria de Estado de Saúde Pública atualizou nesta segunda-feira (1º) o quadro epidemiológico após o final de semana. O número de mortes subiu para 323 e 69 óbitos estão sob investigação. Ao todo, 7.964 pacientes já foram diagnosticados com a Covid-19 e 16.573 pessoas estão sob suspeita de terem contraído a doença.

O índice de isolamento social no Rio Grande do Norte subiu no final de semana, como é comum ocorrer nos dias não úteis, mas ainda é muito baixo para a expectativa das autoridades sanitárias. Segundo levantamento da empresa In Loco, 49% da população respeitou as medidas de distanciamento no domingo (31). Na região Nordeste, o Estado potiguar ficou à frente apenas do Maranhão (47,8%) e empatou com Sergipe (49%). Os especialistas estimam índices de pelo menos 60% para reduzir a curva de aceleração da transmissão do vírus.

O secretário-adjunto da Sesap Petrônio Spinelli lamentou as dificuldades para a abertura dos novos leitos e voltou a fazer um apelo para que a população não saia de casa:

– (O crescimento do número de óbitos) é extremamente triste e provoca uma reflexão para nós, que estamos aqui nesse momento. A abertura de leitos de UTI é uma luta incessante, progressiva. Encontrar pessoal qualificado está cada vez mais difícil. Está todo mundo buscando cooperativas e profissionais. Se não houver impacto real pelo isolamento, se não fizermos o decreto funcionar podemos realmente entrar no colapso, chegar o momento de não ter leito na UPA. O quadro cada vez mais dramático”, destacou.

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *