CULTURA

Flipaut! completa 10 anos e homenageia jornalista Carlos de Souza

Anúncios

O jornalista, escritor, professor e boêmio Carlos de Souza é o grande homenageado da 10ª edição do Festival Literário Alternativo de Pipa (Flipaut!), que começou na quinta-feira (5) e segue até domingo (8), na Praia da Pipa, um dos principais destinos turísticos do Litoral Sul do Rio Grande do Norte.

Carlão, como era conhecido entre os colegas, amigos e admiradores, morreu em 16 de agosto de 2019, aos 60 anos de idade, após perder uma batalha para um câncer na região da bacia diagnosticado em julho.

Nesta sexta-feira (6), a partir das 20h, na mesa “Jornalismo e literatura: uma homenagem a Carlos de Souza”, o jornalista Alex de Souza, filho de Carlão, conversa sobre a trajetória do pai com a jornalista Eliade Pimentel.

Os debates acontecem a partir das 19h, na praça do Pescador, principal sede do festival. A programação conta com lançamentos, homenagens, bate-papos literários, apresentações artísticas, além da já tradicional feira de livros novos e usados, aberta ao público das 17h30 às 23h.

Tradicional feira de livros novos e usados é uma das atrações do Flipaut! (foto: divulgação)

Antes da homenagem a Carlos de Souza, a partir das 19h, as escritoras Rejane de Souza e Jeovânia Pinheiro debatem “O Mulherio das Letras e O Livro das Marias”. A noite ainda terá um bate-papo sobre “A Oralidade Sertaneja na Literatura”, com Márcio Benjamim e Gilberto Cardoso.

No sábado a programação será aberta às 18h30 pelo grupo parafloclórico Zambê da Pipa. Já as mesas-redondas terão presença das escritoras Jeanne Araújo e Carmem Vasconcelos no debate sobre “Literatura Feminina e Empoderamento”. Na sequência, o escritor Manoel Onofre Jr. conversa com o jornalista Cefas Carvalho sobre o escritor Onofre Lopes. No encerramento do sábado, o jornalista Vicente Serejo e o editor do Sebo Vermelho Abimael Silva batem um papo sobre o escritor e pesquisador das coisas do Sertão Oswaldo Lamartine.

No domingo tem mais literatura. Francisco Fernandes Marinho abre a última noite falando com o público sobre a Memória Viva da Pipa. Abimael Silva e Ludmila Abreu conversam às 20h sobre “Os livros e a Leitura na atualidade e às 21h, na saideira, o produtor Jack d’Emília e convidados contam na mesa “10 anos de resistência: Flipaut! 2019” as histórias que cercam a realização do festival literário independente em atividade mais antigo do Estado.

Produtor Jack D’Emília é o idealizador do festival literário independente de Pipa (foto: divulgação)

Independente

Idealizado pelo produtor Jack D’Emília em 2010 como circuito paralelo ao Festival Literário de Pipa, organizado pela dupla Dácio Galvão e Candinha Bezerra, o FlipAut! se emancipou em 2013 e começou a realizar suas atividades em outra data. Depois de um período, o Flipipa deixou de ser realizado, enquanto o FlipAut! manteve a pegada, mesmo com poucos recursos, e seguiu em frente.

Anúncios

O festival é um evento sem fins lucrativos, uma produção cultural independente e colaborativa. O Flipaut! conta com o patrocínio da Prefeitura de Tibau do Sul, do Movimento Preserve Pipa, dos Mecenas de Pipa, além da parceria do setor hoteleiro.

Como ocorreu nas nove edições anteriores, a sede do festival é a Praça do Pescador. No entanto, haverá um circuito cultural com exposições de artes, saraus e outras atividades acontecendo em locais parceiros. Todas as atividades são gratuitas.

Algumas escolas do município de Tibau do Sul receberão oficinas, palestras e encontros literários.

Anúncios
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *