+ Notícias

Foz do Rio São Francisco é ameaçada com manchas de óleo

Reportagem especial divulgada pela Revista Fórum mostra que manchas de óleo petrificadas foram encontradas na foz do Rio São Francisco. O município de Piaçabuçu, em Alagoas, local onde o Rio deságua no mar, sofre com a ameaça do avanço causado pelo vazamento de petróleo no litoral nordestino – situação que se iniciou desde o final de agosto deste ano.

A praia da região, que também é uma reserva de proteção ambiental, apresenta grandes manchas de óleo petrificadas, semelhantes a rochas. O local fica próximo ao Pontal do Peba, outra praia fortemente afetada pelo derramamento de petróleo, conforme reportagem.

O óleo petrificado na foz foi descoberto na manhã desta sexta-feira (25) pelo jornalista especial da Revista Fórum, Wilfred Gadêlha, que está em caravana pelo Nordeste para cobrir os impactos da tragédia ambiental. De acordo com ele, corais e pedras naturais também foram afetadas.

Em relato exclusivo, Walmir dos Santos, pescador da região, contou ao repórter que está muito preocupado com o vazamento de óleo e que a prática de pesca está impossibilitada no local, pois os peixes emergem nas redes já sujos com a substância.

Mancha

Uma mancha já havia sido encontrada na foz do São Francisco, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). De acordo com o órgão, a mancha estava fixada em um ponto da areia da praia, a cerca de 150 metros do rio, mas não divulgou a extensão, apenas afirmando que é uma concentração de material em um único ponto.

A praia do Pontal do Peba fica vizinho à foz, dentro da Área de Proteção Ambiental (APA), em Piaçabuçu. Desde o começo de outubro, a praia teve extensa faixa de areia coberta por manchas de óleo.

O desastre ambiental vem sendo notificado há quase dois meses. Manchas oleosas começaram a surgir em praias do nordeste e já poluem os nove estados da região. A Petrobras informou que o material é petróleo cru e que os substratos não correspondem aos encontrados no petróleo extraído no Brasil.

Os vídeos e fotos na íntegra com maiores informações estão disponíveis no site da Revista Fórum.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *