TRABALHO

Governo do RN flexibiliza medidas restritivas, libera aulas presenciais até 5º ano e amplia horário para comércio

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte anunciou que publica ainda nesta quinta (22) um novo decreto com medidas restritivas que passará a valer a partir desse sábado (24). Os pontos ainda estão sendo discutidos, mas a governadora Fátima Bezerra (PT) já adiantou em suas redes sociais a flexibilização de algumas medidas, como a retomada de aulas presenciais até o 5º ano nas escolas públicas e privadas, além da redução do toque de recolher que, atualmente vai das 20h às 06h da manhã do deia seguinte, e a partir do novo decreto será das 22h às 5h, se segunda à sábado e integral no domingo e feriados.

A flexibilização também vai permitir as abertura de restaurantes aos domingos com a utilização de 50% de sua capacidade. Atualmente, apenas atividades essenciais têm permissão para abrir aos domingos. Eles poderão funcionar das 11h às 15h e terão 60 minutos de tolerância para o encerramento das atividades com atendimento presencial. Já nos demais dias da semana eles poderão funcionar das 11h às 21h.

A venda de bebida alcoólica para consumo em lugares públicos continua proibida, restrição que vale para bares e restaurantes durante todos os dias e horários. O novo decreto será válido até 12 de maio.

Sobre o retorno das aulas presenciais até o 5º ano, a governadora ressaltou que as secretarias de educação serão responsabilizadas pela decisão de retomada e recomendou, ainda, que os municípios fechem as orlas marítimas, parques, clubes e áreas recreativas durante os finais de semana para evitar aglomerações, como as que foram flagradas em Natal durante o feriado desta quarta (21).

Nesta quinta, o Rio Grande do Norte apresenta índice de 91% de ocupação de seus leitos críticos (semi-intensivos e UTI’s). Na região Oeste a taxa sobe para 98%, chega a 91% na região metropolitana de Natal e baixa para 70% no Seridó. Atualmente, 15 dos 26 hospitais com leitos críticos para pacientes com covid-19 no Rio Grande do Norte apresentação 100% de taxa de ocupação.

Imagem: Reprodução Lais/ UFRN
Imagem: Reprodução redes sociais
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *