CIDADANIA

Granja em São José de Mipibu movimenta agricultura familiar via delivery e cresce até 150%

Anúncios

O que antes era apenas uma atividade que gerava consumo próprio virou negócio há cerca de seis meses e hoje é um dos pequenos grandes exemplos da agricultura familiar no Rio Grande do Norte. A Granja Santa Rita, localizada em São José de Mipibu, comercializa produtos naturais, sem agrotóxicos e se consolidou como uma opção importante em meio à pandemia do novo Coronavírus.

A partir do incentivo de familiares e amigos, a gastróloga Cintia Guimarães e o arquiteto Belmiro Costa tiraram a ideia do papel e, desde o início, passaram a funcionar por meio de sistema de delivery que faz entregas de frutas, hortaliças, verduras, legumes e pescados.

De acordo com Cintia o negócio registrou cerca de 150% de crescimento desde o início do isolamento social pela Covid-19. Toda a produção conta com insumos próprios da granja e os itens necessários não produzidos por eles são comprados de outros produtores da agricultura familiar.

“Nós trabalhamos com o conceito de os nossos clientes saberem de onde vem o produto, confiarem na procedência, pois sabem quem plantou, quem manuseou até chegar na casa. Temos diversos produtos naturais e lançamos recentemente uma linha de refeições prontas, tudo produzido sem nenhum tipo de veneno”, explica a gastróloga.

Plantação de mandioca na Granja Santa Rita.

A Granja Santa Rita divulga através de seus perfis nas redes sociais uma lista semanal de produtos e cardápio disponíveis e, mesmo com pouco tempo de existência, a iniciativa teve um aumento de pedidos por trabalhar com delivery e essa ser atualmente a opção mais viável diante do isolamento social causado pela Covid-19.

“Nosso sistema sempre foi via delivery, desde o início, agora as pessoas têm buscado mais pedidos e não poderíamos deixar os clientes na mão, por isso redobramos os cuidados de higiene, de limpeza nas embalagens, do contato com o motoboy e o cliente na entrega”, conta Cintia.

A Gastróloga Cintia Guimarães, de 34 anos é uma das proprietárias do negócio.

Ainda de acordo com a proprietária da Granja, o cardápio de comidas prontas também tem tido uma grande demanda, além da linha de molhos, pães e antepastos artesanais também produzidos na granja.

Central de Agricultura Familiar criou canal virtual para atender clientes durante pandemia

Iniciativas semelhantes também vêm se adaptando a esse período inusitado no mundo. Recentemente a Central de Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Cecafes), que comercializa frutas, legumes, verduras, doces, geleias artesanais, carnes, grãos, chás e temperos, abriu um canal e passou a fazer entregas via delivery também.

A comerciante Livânia Frizon contou que as vendas de almoço em seu restaurante self-service praticamente zeraram. A alternativa foi organizar quentinhas para não perder toda a renda do restaurante.

Normalmente, nós funcionamos com self service de almoço e também com café da manhã e jantar, o forte era o almoço. Agora as quentinhas e alguns pratos congelados como escondidinho e lasanha estão saindo no delivery, mas de uma forma bem tímida e pouca demanda“, conta a comerciante.

Cecafes agora tem um canal que funciona via delivery durante o período de isolamento social (foto: Vlademir Alexandre)

SERVIÇO

A Granja Santa Rita faz entregas em toda Natal, Parnamirim, São José de Mipibu e nas imediações da Praia de Cotovelo. Os pedidos podem ser feitos pelo Whatsapp 84 99407-1297 e através do Instagram @granjasantaritadelivery.

Já para fazer os pedidos para a CECAFES, a loja virtual da Central pode ser acessada aqui.

Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *