DEMOCRACIA

Impacto da previdência para mulheres é foco de audiência pública na ALRN

Anúncios

Os efeitos da reforma da Previdência na vida das mulheres das cidades e do campo é o tema da audiência pública que ocorre nesta segunda-feira (11), a partir das 14h, na Assembleia Legislativa.

A proposição é da deputada estadual Isolda Dantas (PT), que divide a organização a deputada federal Natália Bonavides, além das vereadoras Divaneide Basílio (Natal), Ana Michele (Parnamirim), Tércia Leda (Currais Novos), Luiza Vieira e Lilia Holanda (Campo Grande), todas parlamentares do PT.

São aguardadas mais de 300 mulheres da zona rural e urbana de Mossoró e região, além da capital.

A pauta da audiência é um desdobramento do 8 de março, Dia Internacional da Mulher, cuja marcha teve o combate à reforma da Previdência de Bolsonaro como um dos temas da marcha realizada sexta-feira passada.

Anúncios

Isolda Dantas destaca que se a reforma já é ruim como um todo, é ainda pior para as mulheres mais pobres:

“Não tem como falar da nossa luta e não defender a previdência. Somos nós que ocupamos os piores postos de trabalho, em grande parte, informais. Isso sem falar na sobrecarga das tarefas domésticas e do cuidado. Esta reforma de Bolsonaro nos penaliza e condena, principalmente as mais pobres e as rurais, a uma vida miserável”, disse.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *