CIDADANIA

Incêndio no Centro Histórico de Natal assusta moradores

Anúncios

Um incêndio na Praça Padre João Maria, no centro histórico de Natal, foi filmado por moradores da região na noite deste domingo (6). A praça está cercada há meses para uma reforma financiada pelo PAC das Cidades Históricas, mas, até agora, apenas o piso foi revirado. “Tá pegando fogo nas barracas, lindo isso! E o perigo é que logo aqui do lado tem loja com livro”, reclama Cida Lima, uma das moradoras que esteve no local. As pessoas que viram o fogo até tentaram apagá-lo, mas a situação só foi controlada com a chegada do Corpo de Bombeiros. Apesar das chamas altas, ninguém se feriu.

De acordo com a Secretaria Estadual de Turismo, responsável pela reforma, as obras seguem um cronograma previsto para ser concluído em dezembro de 2020. Mas, esse prazo pode mudar já que nas planilhas da pasta o serviço consta como suspenso porque a empresa executora da obra vai fazer readequações orçamentárias por causa de gastos que não estavam previstos. O processo está em tramitação.

Outras praças do centro da cidade encontram-se em situação semelhante. Há meses estão fechadas para reforma, mas sem placas informando sobre o início ou previsão de conclusão das obras. Alguns moradores afirmam que a situação já se arrasta há, pelo menos, um ano.

Praça Padre João Maria atualmente I Fotos: Mirella Lopes –

Histórico

A praça, que já chegou a ter outros nomes, passou a se chamar João Maria a partir de 1909, em homenagem ao religioso conhecido por suas boas ações junto aos mais necessitados. Era nas proximidades da praça que o padre ajudava os mais pobres da cidade com roupas, remédios e alimentação. Ele morreu em 1905. A única coisa que permanece no lugar, mesmo durante a reforma, é o busto do Padre João Maria. O local se tornou ponto de romaria durante anos e, ainda hoje, muitas pessoas deixam fitas, ex-votos e acendem velas para pedir ou agradecer graças alcançadas.

Foto: Iphan – Praça Padre João Maria na década de 20

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *