DEMOCRACIA

Incidente no duto da transposição do rio São Francisco não vai interferir no cronograma do RN, diz deputado

O deputado estadual Francisco do PT afirmou nesta terça-feira (8) que o incidente registrado no Ceará, em um dos dutos da transposição do rio São Francisco, não deve interferir no cronograma previsto para a chegada das águas do Velho Chico no Rio Grande do Norte. A expectativa é de que o Estado potiguar seja integrado oficialmente ao rio em junho de 2021.

A transposição foi o tema escolhido pelo parlamentar do PT no retorno às atividades presenciais da Assembleia Legislativa. O deputado preside a Frente Parlamentar das Águas e visitou, na sexta-feira (4), o reservatório de Jati, ramal do projeto de integração do rio localizado no estado vizinho. Ele estava acompanhado do deputado Jeová Vieira Campos (PSB), presidente da Frente Parlamentar das Águas do Estado da Paraíba:

“É preciso que fique claro que as investigações sobre o incidente com o duto estão em andamento e que este fato não interfere no cronograma da obra que está seguindo seu curso”, informou, deixando claro que a visita técnica foi feita também no intuito de buscar respostas sobre prazos:

“A Frente Parlamentar das Águas veio conferir o andamento dessa obra e buscar respostas sobre quando essa água chegará ao Rio Grande do Norte, porque a nossa maior missão é lutar para garantir segurança hídrica para o Estado“, disse.

Em 26 de junho, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) inaugurou um trecho da transposição do São Francisco na barragem de Jati, no Ceará. Um mês depois, um vazamento foi registrado, provocado pelo rompimento de um duto que emite água para o eixo norte do projeto de transposição, na direção da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Num prazo de 72 horas, mais de duas mil pessoas tiveram que deixar suas casas às pressas. Na época, o ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho precisou dar explicações sobre o problema na estrutura da obra.

Francisco do PT se emocionou falando sobre o projeto de transposição, que deve chegar ao RN em junho de 2021

Licitação para obra do canal Apodi-Mossoró deve ser lançado em breve

Semana passada, os representantes das Assembleias Legislativas do RN e Paraíba foram recebidos pelo engenheiro do consórcio Magna/Themag e representante do Governo Federal, Alcenor de Paiva, que fez uma explanação sobre o andamento das obras nos dois estados.

Questionado pelo deputado do PT sobre quando as águas do São Francisco chegarão ao Rio Grande do Norte, o engenheiro disse que, segundo o cronograma, isso deve ocorrer em junho de 2021.

“De acordo com o cronograma, o Rio Grande do Norte passará a ser beneficiado no segundo semestre de 2021, com as águas chegando através do ramal Assu/Piranhas. Isso se tudo ocorrer como está programado“, afirmou.

Sobre a construção do ramal Apodi-Mossoró, o engenheiro informou que há um edital do processo licitatório para ser lançado nos próximos dias.

As notícias são animadoras e o engenheiro nos informou que em breve o edital para licitação de contratação da empresa que fará a obra do Canal Apodi-Mossoró será lançado, o que já é uma notícia maravilhosa”, comemorou.

Paraíba

Em seguida Francisco do PT seguiu para o município de São José de Piranhas, na Paraíba, onde visitou outros trechos do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).

Uma coisa é a gente ver e ouvir falar, outra coisa é a gente conferir, ouvir do engenheiro responsável todos os detalhes da obra e as possibilidades dela. Essa é uma obra grandiosa que mudará o cenário de sofrimento que a seca desenhava em nosso Nordeste“, afirmou.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *