DEMOCRACIA

Insubmissa: Web rádio na Zona Norte de Natal é canal de resistência na periferia

Resistência cultural, apoio e difusão da música potiguar, produção de notícias e conteúdos que interessam à periferia. Esses são alguns dos nortes da Web Rádio Insubmissa, criada na Zona Norte de Natal. A ideia é viabilizar um meio de comunicação independente, que seja focado no que importa e diz respeito ao povo. A iniciativa é também exemplo de que o rádio não é um canal atrasado, e sim adaptável.

A Insubmissa é uma iniciativa criada e mantida na Casa de Mídia, localizada no Bairro de Lagoa Azul, Zona Norte de Natal, entidade que resiste há 4 anos no bairro. A rádio foi criada e levada ao ar em Novembro de 2019 e já conta com um acervo de mais de 20 mil músicas nordestinas e potiguares. A programação funciona 24h e é composta por música local, recital de poesias, transmissões ao vivo de movimentos populares e lives nas feiras, sobretudo a do bairro de Natal.

“A iniciativa surgiu da necessidade que notamos de se ter uma rádio voltada para os movimentos populares e progressistas da periferia da Zona Norte. Trabalhamos com o objetivo de unir arte e luta para defender e veicular a produção artístico cultural da nossa região”, conta o coordenador e articulador popular da Web Rádio, Venâncio Pinheiro.

Insubmissa é uma iniciativa da Casa de Mídia, localizada no bairro de Lagoa Azul (foto: divulgação)

Dentre os programas, sempre uma proposta diferente do que se vê na mídia tradicional até mesmo de jornais locais. Informes das feiras livres, produtos locais e histórias da gente que dali tira seu rendimento também estão na centralidade da rádio. A maioria dos programas são produzidos em parceria com coletivos culturais e movimentos sociais, como a Marcha da Maconha, que veicula o programa ‘Fumaça na Caiera’, voltado para os assuntos em torno da cultura antiproibicionista no estado.

Outro programa que se destaca na grade de informação é o ‘Subversão’, gravado na fronteira entre o Brasil e a Argentina pela Federação Anarquista da América Latina, que aborda os principais temas em torno da população Sul-americana que vive às margens da sociedade.

Muitas outras ideias rodeiam ainda a cabeça da equipe Insubmissa, como por exemplo, um programa com foco na Batalha do Vinho, maior movimento da cultura Hip Hop em atuação na capital. “O nosso objetivo é sempre o de produzir conteúdos que façam a diferença na vida de quem nos ouve, que ensine alguma coisa, que mostre movimentos, produções culturais esquecidos pela mídia tradicional e assim esse espaço vai sendo construído à muitas mãos. Devemos estar no caminho certo, recebemos muitos feedbacks positivos”, diz ainda o coordenador, Venâncio Pinheiro. A rádio é composta também pelo produtor e editor Aleson Cruz, junto ao Social Media Rickson Paulo, Uirandê Poranga e George Oliveira.

Reunião de pauta da web rádio Insubmissa (foto: divulgação)

A Rádio Insubmissa, articulação sem fins lucrativos ou financiamento público, estréia ainda neste mês, no dia 25, o programa ‘Tirando o pó’, série sobre fatos históricos e acontecimentos políticos locais de uma forma descontraída e diferente do retratado nos livros. O canal pode ser acessado através do endereço: http://webradioinsubmissa.myl2mr.com/

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *