DEMOCRACIA

Interventor do IFRN ameaça nova censura

Anúncios

Nomeado reitor pro-tempore do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) através de portaria do Ministério da Educação, Josué Moreira continua como o gestor principal da instituição e tem movimentado sua equipe para colocar as ações de sua gestão em prática. Em reunião ocorrida nesta terça-feira (02) com a Comunicação Social da Reitoria, a equipe de intervenção afirmou ter interesse em passar uma “mensagem de confiança“, mas interferindo no trabalho realizado pelos comunicadores.

Em nota, os profissioanis de Comunicação informaram que a equipe de intervenção  foi contrária a publicação de notícias sobre as reuniões de conselhos institucionais, alegando que a sociedade não deveria observar disputas internas e que a comunicação não deveria divulgar as discussões.

Josué sugeriu ainda que gostaria de ter acesso aos textos e ler as notícias antes de serem publicadas. Segundo ele, assim “as mensagens teriam o respaldo da gestão pro-tempore“.

“Até então, a postura sempre foi de autonomia para fazer as publicações da forma que consideramos necessária à Instituição e aos preceitos de transparência. O interventor declarou que ‘a mensagem deve ser da gestão’. Reforçamos que não era essa a nossa prática, que a comunicação é institucional e que nos respaldamos na Política de Comunicação do IFRN, aprovada pelo Consup, documento que coloca a perspectiva da comunicação pública, voltada para atender a sociedade e a instituição, e não a gestão. Josué disse que, como estamos sem chefe, o chefe é o reitor”, diz a nota da equipe de comunicação da instituição.

O grupo afirmou que continuará publicando as discussões dos conselhos e de outras ações que julgarem necessárias, por considerar o trabalho essencial para a manutenção da democracia na instituição.

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *