TRANSPARÊNCIA

Isolda denuncia fake news sobre votação do reajuste dos professores

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) denunciou na sexta-feira (24) que parlamentares da oposição estão mentindo pelas redes sociais sobre a posição dela em relação ao projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa que reajusta em 4,17% o salário-base dos professores e especialistas da Educação.

A proposta foi aprovada por unanimidade pelos deputados da Casa. Isolda, Francisco do PT, Sandro Pimentel e George Soares foram os parlamentares que fizeram as defesas mais enfáticas sobre o projeto.

O PL reajusta por igual os salários dos professores ativos, aposentados e inativos. Em razão do impacto nas contas públicas, o Governo propôs prazos distintos para o pagamento dos retroativos. Os professores da ativa receberão o reajuste referente aos meses de janeiro, fevereiro e março em três parcelas, já os aposentados serão pagos em sete vezes.

A diferença foi proposta em razão do impacto no tesouro estadual do valor dos reajustes. A folha dos ativos terá um acréscimo de R$ 33 milhões. Já o impacto na folha dos aposentados será de R$ 58 milhões.

Abaixo, nota pública do mandato da deputada Isolda Dantas sobre a polêmica:

A verdade sobre a votação do piso dos professores

Nesta quinta, 25, foi aprovado na Assembleia Legislativa do RN, o reajuste do piso dos professores. Isolda votou no projeto que aprovou POR IGUAL o reajuste de piso dos professores, pensionistas e aposentados.

O projeto aprovado foi um acordo da categoria para que o Governo conseguisse realmente fazer o pagamento.

Em cima da hora, deputados de oposição quiseram implementar outra proposta, o que acarretaria atraso no tão esperado reajuste do piso. Portanto, qualquer informação que circule sobre voto de Isolda desfavorável aos pensionistas e aposentados é  mentirosa! 

 A aprovação do piso é uma grande vitória. Então compartilhe a verdade e vamos seguir firmes na luta em defesa da educação do RN!

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *