Sem categoria

Juíza desabafa contra homenagem a Rogério Marinho e Nevaldo Rocha

Alguns magistrados fizeram questão de criticar pessoalmente as homenagens da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte a Rogério Marinho e Nevaldo Rocha. No dia da premiação, a juíza do Trabalho Lisandra Lopes, externou no facebook toda a sua indignação:

 

Hoje é o dia. TRT 21 homenageia o deputado Rogério Marinho e o empresário Nevaldo Rocha. Houve nota contrária da Amatra, da Anamatra, da AJPDC, ANPT, Anatra…Houve conversa, pedido, apelo, e nada. Houve até mandado de segurança. Mas absolutamente nada demoveu a cúpula do Judiciário Trabalhista do RN do propósito de homenagear o artífice de uma reforma trabalhista antidemocrática, que não foi discutida pela sociedade, um deputado que é réu perante o STF e se colocou claramente contra a Justiça do Trabalho em vários momentos.

E ainda, de homenagear um empresário cuja empresa figura como ré em inúmeras ações e protagonizou uma campanha contra as fiscalizações efetuadas pelo Ministério Público. O CEO dessa empresa, senhor Flávio Rocha (que se despediu da função recentemente para disputar a Presidência) prega textualmente o fim da Justiça do Trabalho. 

Só me resta a tristeza de pertencer a uma instituição que não me vê como parte integrante dela, não escuta seus juízes e servidores, e segue inabalável com essa homenagem, numa solenidade que vai figurar dentre os mais lamentáveis capítulos de sua existência.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"