DEMOCRACIA

Júlia Arruda assume secretaria de Mulheres e Direitos Humanos do RN; Pedro Gorki vai para a Câmara Municipal

A Secretaria Estadual das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh) terá nova gestora. A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou que a pasta será comandada pela vereadora Júlia Arruda (PCdoB). A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (6).

Na quinta-feira (8), Júlia Arruda tomará posse do cargo, antes ocupado pela ex-prefeita de Natal Eveline Guerra, que ficou um ano e meio à frente dos trabalhos.

Ela será a terceira secretária do órgão, criado em maio de 2019 com o objetivo de formular e implementar políticas públicas destinadas aos segmentos vulnerabilizados da população. A primeira foi a promotora de Justiça aposentada Arméli Brennand.

Eveline Gerra, Fátima Bezerra e Júlia Arruda / foto: Assecom

Em rede social, Júlia Arruda agradeceu à governadora, ao vice-governador Antenor Roberto (PCdoB) e aos dirigentes do partido pela indicação.

“Sei que o desafio é enorme, a responsabilidade também, mas cada mensagem só reforça que tomamos a decisão correta. Agora é hora de arrumar a casa nova, tomar pé de tudo e dar o melhor de mim com essas bandeiras que eu sempre acreditei e defendi ao longo dos meus mandatos como vereadora, só que agora sob uma ótima bem mais ampla, abraçando todo o estado do Rio Grande do Norte”, afirmou.

Ex-presidente da UBES, Pedro Gorki assume vaga na Câmara Municipal

Pedro Gorki é ex-presidente da UBES / foto: cedida

Com a nomeação, Júlia Arruda, deixa o seu quarto mandato na Câmara Municipal de Natal. Filha e neta de políticos, entrou na vida pública em 2008, quando foi eleita pelo PSB para o primeiro mandato, com o objetivo de se dedicar às pautas sociais e ao desenvolvimento da cidade.

Em 2012, foi a primeira mulher a se reeleger para o legislativo municipal. Atuou na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida e na Comissão de Indústria, Turismo, Comércio e Empreendedorismo. Em 2020, filiada ao PCdoB foi novamente reeleita.

Quem assume a cadeira vaga na Câmara é o suplente da legenda, militante do movimento estudantil, Pedro Gorki, de 20 anos. Ele será o mais jovem vereador da história da capital potiguar. Recentemente, Gorki ocupou a presidência da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas.

Ele é estudante de Pedagogia na UFRN, coordenador do Centro Acadêmico de Pedagogia Paulo Freire, presidente da União da Juventude Socialista de Natal (UJS-Natal) e dirigente nacional UJS.

Seremos pedra no sapato de qualquer um que faça mal uso do dinheiro público. É nossa obrigação fiscalizar os contratos e abrir essa CEI para garantir à população que o dinheiro dos seus impostos está indo, de fato, para o combate ao coronavírus e não para o bolso de algumas pessoas”, prometeu o estudante e novo vereador de Natal.

Com Gorki, a Comissão Especial de Inquérito “CEI da Covid”, mantém o número de assinaturas do pedido. Divaneide Basílio (PT), Robério Paulino (PSOL), Brisa Bracchi (PT), Ana Paula (PL) e Julia Arruda entregaram à Presidência da Casa requerimento para as denúncias que culminaram na Operação “Rebotalho”, da Polícia Federal em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF/RN), deflagrada no dia 1° de julho.

 

 

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *