DEMOCRACIA

Justiça determina transferência de Lula para São Paulo

Anúncios

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será transferido da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para uma unidade prisional em São Paulo. A determinação foi expedida pela juíza da 12ª Vara Federal de Curitiba, Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena. A data da transferência e o local onde será cumprido o restante da pena ainda não foram divulgados.

Preso em uma cela especial desde o dia 7 de abril de 2018, Lula teve a transferência solicitada pelo superintendente da Polícia Federal, Luciano Flores. O argumento utilizado é de que a prisão do petista na sede da PF paranaense estaria trazendo contínuo prejuízo ao interesse público, com o emprego de recursos humanos e financeiros destinados à atividade policial. Além disso, de acordo com a defesa, a “presença de grupos antagônicos passou a demandar atuação permanente dos órgãos de segurança de forma a evitar confrontos, garantir a segurança dos cidadãos e das instalações”.

Conforme a decisão da juíza, uma vez em São Paulo, Lula também ficaria mais próximo de familiares e amigos.

“O preso deve cumprir a pena em seu meio social, ou seja, em sua cidade ou Estado, embora tendo cometido o crime em localidade diversa. Só assim poderá ficar em relação constante com sua família e seus amigos, por meio de visitas ou mesmo de saídas temporárias”, reforça um dos argumentos.

Anúncios

Segundo o advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin, o STF precisa dar continuidade ao julgamento do habeas corpus.

“É fundamental que o Supremo Tribunal Federal dê continuidade ao julgamento do habeas corpus para reverter essa prisão injusta e o constrangimento ilegal que está sendo imposto ao ex-presidente Lula”.

 

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *