Principal

Juventude leva o Brasil às ruas em defesa da Educação nesta quinta

Os protestos contra os cortes nas instituições de ensino público anunciados pelo Ministério da Educação terão continuidade nesta quinta-feira, 30, em todo o Brasil. Em Natal, os manifestantes se concentrarão entre as avenidas Bernardo Vieira e Salgado Filho, a partir das 15h. A passeata seguirá até a praça da árvore de Mirassol.

Organizado pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), a manifestação também contará com a adesão de centrais sindicais, que além dos bloqueios da rede pública de ensino, criticam ainda as novas medidas de governo, como a Reforma da Previdência.

“A ideia é que no segundo Dia Nacional em Defesa da Educação os professores promovam aulas públicas nos períodos da manhã e da noite. À tarde a comunidade acadêmica e demais forças políticas e sociais do campo progressista participam do ato”, posicionou-se a Adurn-Sincato, em nota.

Presidente da UBES, Pedro Gorki, que participou do primeiro ato contra os cortes em Natal, acompanhará o protesto do dia 30 no Largo da Batata, em São Paulo.

“O corte na educação foi a gota d’água para o povo brasileiro. Tirar recursos da escola e da universidade pública está na contramão do que a juventude sonha para o país. E essa gota d’água está virando uma tsunami que vai invadir as ruas de Natal e do Brasil inteiro nessa quinta-feira”, disse.

Foto: Rafael Reis

Para Johnatan Ferreira, diretor da União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas em Natal, a UMES, a expectativa é de que os atos chamem a atenção dos representantes políticos. Segundo o estudante, a juventude vem se mobilizando ativamente através de aulas públicas, palestras sobres os cortes e atividades culturais, na tentativa de apontar os impactos das medidas no cenário atual.

“É necessário que haja grande participação da população nas manifestações, independente de bandeira ou partido. Levando em conta que toda essa pressão que o povo faz nas ruas, acaba se repercutindo e fazendo com que assim o desejo do povo brasileiro seja atendido”, defendeu.

Segundo Yara Costa, presidenta da União Nacional dos Estudantes, a expectativa é de que pelo menos 30 mil pessoas estejam nas ruas em protesto aos bloqueios. Para ela, ocupar esse espaço público é uma forma de mostrar a insatisfação popular diante da agenda proposta por Bolsonaro:

“A medida enfraquece a educação pública, possibilitando assim a ascensão da educação privada onde pessoas pobres não têm acesso à garantia de ter educação de qualidade, seja no âmbito secundarista ou universitário. Já a Reforma da Previdência precariza as condições de trabalho e dificulta a garantia do trabalhador se aposentar em um tempo justo sob condições dignas de trabalho”, critica.

A estudante conta que os movimentos estudantis têm realizado panfletagens nas paradas e nas salas de aulas, caravanas organizadas pelos estudantes secundaristas nos municípios que têm campi do IFRN, assembléias nos setores da UFRN, oficina de cartazes e camisas, além de divulgação nas redes sociais e articulação com sindicatos que representam os profissionais da educação em suas diversas categorias, como ensinos básico, fundamental e superior.

“Que seja mais um grande ato com a pluralidade e unidade necessárias para pressionar o Governo Federal em todos os estados brasileiros”, torce.

Segundo a UNE e a UBES, 69 cidades confirmaram atos, sendo 24 capitais e 45 municípios do interior.

No RN, mais de R$ 100 milhões foram bloqueados

No Rio Grande do Norte, as três instituições federais sofreram com os bloqueios. Na Universidade Federal Rural do Semi-árido (Ufersa), R$ 15,8 milhões foram cortados no orçamento. No IFRN, foram congelados mais de R$26 milhões, cerca de 39% dos recursos. Já na UFRN, foram reduzidos cerca de R$ 60 milhões. Também na Universidade Federal do RN, pelo menos quatro bolsas de mestrado e três de doutorado foram suspensas.

Confira as manifestações confirmadas em todo o país

São Paulo (SP)

Local: Largo da Batata

Horário: 16h

Santos (SP) 

Local: Estação da Cidadania

Horário: 18h

Rio de Janeiro (RJ)

Local: Candelária

Horário: 15h

Porto Alegre (RS)

Local: Esquina Democrática – Borges de Medeiros X Rua dos Andradas

Horário: 18h

Belo Horizonte (MG)

Local: Praça da Estação – Avenida dos Andradas

Horário: 09h

Brasília (DF)

Local: Museu Nacional De Brasília

Horário: 10h

Curitiba (PR)

Local: Praça Santos Andrade

Horário: 18h

Piracicaba 

Local: Praça José Bonifácio

Horário: 17h

Avaré

Local: Largo São João

Horário: 18h

Ribeirão Preto

Local: Praça XV, Centro

Horário: 15h

Santo André

Local: E.E Americano Brasiliense

Horário: 12h

Sorocaba

Local: Praça Cel Fernando Prestes

Horário: 13h

Caçapava

Local: Praça da Bandeira

Horário: 9h

Taubaté

Local: Praça Santa Teresinha

Horário: 17h

São José do Rio Preto

Local: Em frente a Câmara Municipal

Horário: 18h30

Ubatuba

Local: Calçadão centro da cidade

Horário: 17h

Botucatu

Local: Praça da catedral metropolitana

Horário: 17h

Montes Claros (MG)

Local: Praça Dr. Carlos

Horário: 15h

Sete Lagoas (MG)

Local: AV. Antonio Olinto

Horário: 16h30

Uberlândia (MG)

Local: Praça do J – UFU

Horário: 15h

Itabirito (MG)

Local: Praça 1 de maio

Horário: 9h

Vitória (ES)

Local: Teatro da UFES

Horário: 16h30

Petrópolis (RJ)

Local: Praça Dom Pedro

Horário: 17h

Volta Redonda (RJ)

Local: Praça Juarez Antunes

Horário: 17h

Salvador (BA)

Local: Praça do Campo Grande

Horário: 10h

Fortaleza (CE)

Local: Praça da Gentilândia

Horário: 10h

Belém (PA)

Local: Praça da Republica

Horário: 13h

Bragança (PA)

Local: Praça das Bandeiras

Horário: 16h

Macapá (AP)

Local: Praça da Bandeira

Horário: 16h

Laranjal do Jari (AP)

Local: Praça Central

Horário: 17h

Porto Velho (RO)

Local: UNIR Centro

Horário: 17h

Recife (PE)

Local: Rua da Aurora

Horário: 15h

Manaus (AM)

Local: Praça da Saudade

Horário: 15h

Natal (RN)

Local: Midway Mall

Horário: 15h

São Luis (MA)

Local: Praça Deodoro

Horário: 15h

Bacabal (MA)

Local: Praça Silva Neta

Horário: 16h30

Pinheiros (MA)

Local: Praça do Centenário

Horário: 8h

Timon (MA)

Local: Praça São José

Horário: 7h

Picos (PI)

Local: Praça Feliz Pacheco

Horário: 7h

Teresina (PI)

Local: Em frente ao INSS

Horário: 8h

Barbalha (CE)

Local: Parque da Barbalha

Horário: 8h

Sobral (CE)

Local: IFCE – Campus Sobral

Horário: 18h30

Limoeiro do Norte (CE)

Local: IFCE – Campus Limoeiro

Horário: 7h30

Aracape (CE)

Local: Praça Matriz

Horário: 14h

São Miguel (RN)

Local: Rua: Dr. José Torquato

Horário: 17h

João Pessoa (PB)

Local: CCHLA/UFPB

Horário: 15h

Campina Grande (PB)

Local: Praça da Bandeira

Horário: 13h

Aracaju (SE)

Local: Praça General Valadão

Horário: 15h

Arapiraca (AL)

Local: Bosque das Arapiracas

Horário: 9h

Paulo Afonso (BA)

Local: Praça da Tribuna

Horário: 17h30

Irecê (BA)

Local: Centro em frente ao BB

Horário: 8h

Jequié (BA)

Local: Câmara dos vereadores

Horário: 15h

Serrinha (BA)

Local: Praça Luis Nogueira

Horário: 7h30

Caruaru (PE)

Local: Grande Hotel

Horário: 8h

Araripina (PE)

Local: Praça da Igreja Matriz

Horário: 8h

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *