TRABALHO

Maioria dos leitos críticos no Rio Grande do Norte são liberados por morte dos pacientes

Dos trinta leitos críticos (semi-intensivos e UTI’s) liberados neste domingo (9) no Rio Grande do Norte, 26 foi em decorrência da morte dos pacientes e apenas quatro por alta. Os dados estão disponíveis no sistema de regulação Lais/ UFRN. Há 15 dias, em 25 de abril, foram registrados 20 óbitos e três altas, no dia 26 foram 23 mortes e 12 altas e no dia 27 foram registrados 31 óbitos e sete altas de pacientes graves com covid-19. Na manhã desta segunda (10), já são três óbitos e duas altas de pacientes graves com covid-19.

A plataforma também aponta que há um total de 29 leitos críticos disponíveis e 27 pacientes na fila de espera para internação. O problema, é que os leitos prontos para receber novos pacientes se concentram na região metropolitana de Natal, onde estão as 29 vagas e 13 pacientes na fila de espera. Enquanto isso, na região Oeste, onde há 14 pacientes aguardando vaga para internação, não há leitos disponíveis.

Dos 26 hospitais no Rio Grande do Norte com leitos críticos para pacientes com covid-19, 16 estão com 100% de ocupação. As demais unidades apresentam taxa de ocupação que varia de 96% a 22%. Até o momento, 749 pessoas já morreram na fila de espera por um leito de UTI no estado. A média geral de ocupação no RN é de 92%, para 100% na região Oeste, 90% no Seridó e 89% na região metropolitana de Natal.

Até a manhã desta segunda o RN tinha 231.852 casos confirmados e 52.551 suspeitos, segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Já são 5.655 mortes provocadas pela doença, sendo seis nas últimas 24 horas nas cidades de Mossoró (2), Patu (1), Acari (1), Tangará (1) e Parelhas (1). A Sesap ainda investiga outros 1.159 óbitos suspeitos.

 

   

Imagens: reprodução Lais/ UFRN
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *