CIDADANIA

Mais de 34 mil testes sorológicos para covid-19 já foram realizados via Governo do RN

O Governo do Rio Grande do Norte adquiriu 150 mil testes sorológicos para covid-19 e, até esta segunda-feira (26), já havia realizado 34.101, dos quais 1.948 IgM e 3.423 IgG detectáveis.

Os testes sorológicos são aqueles que mostram se o paciente já teve contato com o coronavírus e desenvolveu anticorpos.

“A sorologia detecta anticorpos IgM e IGg ou IgA e IGg, produzidos na reação imunológica do organismo à infecção. A amostra é realizada pela coleta de sangue do paciente e o teste é realizado por meio de imunoensaio automatizado em metodologia de quimioluminescência”, explica texto publicado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública.

A prioridade para realizar os testes é para servidores do Estado, crianças de 0 a 19 anos hospitalizadas com suspeita da síndrome multissistemica pediátrica e categorias laborais determinadas em nota técnica (feirantes, coveiros, atendentes de funerárias, auxiliares funerários e demais trabalhadores de serviços funerários e de autópsias; trabalhadores de limpeza urbana, feira livre, pescadores; trabalhadores de Correios; Agricultores e Agricultoras, motorista de transporte público, motoristas de ambulância, motoristas de aplicativos (moto e carro); médicos veterinários; brigadistas e bombeiros civis e militares; agentes de fiscalização; jornalistas, profissionais que trabalham na cadeia de produção de alimentos e bebidas, incluindo os insumos; aeronautas, aeroviários e controladores de voos; além de serviços de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade).

Desde o início da pandemia, 30.911 profissionais de saúde também fizeram testes no Rio Grande do Norte, com 6.253 casos confirmados, enquanto 18.240 foram descartados, 3.535 estão como inconclusivos e 2.883 seguem como suspeitos.

Servidores

O exame sorológico gratuito ficou disponível para os servidores em 14 de setembro e segue até o dia 09 de novembro. A expectativa inicial era de realiza 16 mil testes, número bem inferior à marca já atingida.

Os servidores públicos estaduais com matrícula ativa podem ter acesso ao teste, fornecendo número de CPF e do cartão SUS.

O servidor deverá estar assintomático há pelo menos 14 dias, além de não ter sido diagnosticado pela doença anteriormente em testes laboratoriais como o RT-PCR (swab nasal), testes rápidos ou a própria sorologia. Ou seja, poderão ter acesso ao teste quem já testou negativo para a doença antes, além de não manifestar sintomas no período da coleta. Além disso, é necessário preencher o formulário disponível no seguinte link: http://abre.ai/testagemdeservidores.

As informações são analisadas por especialistas médicos da Sesap, responsáveis por fornecer a solicitação médica com indicação da sorologia. Os servidores que serão testados no interior receberão por e-mail a solicitação médica com a marcação do agendamento do exame.

Aqueles que residem na Grande Natal, entretanto, caso prefiram, podem se dirigir diretamente até a Escola de Governo, entre 7h e 13h, para ser testado. Lá, pode chegar já com o formulário preenchido, para fins de celeridade no procedimento, como também preenchê-lo durante a triagem da testagem, com ajuda da equipe do posto de coleta.

Médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, entre outros profissionais que trabalham nas unidades de saúde pertencentes à Sesap na região da Grande Natal devem procurar as suas unidades para fazer o teste.
Os resultados dos exames são enviados por e-mail em até 20 dias úteis.

Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *