Sem categoria

Marielle será homenageada com girassóis em ato público no Alecrim

Um mês sem Justiça. A ex-vereadora Marielle Franco (PSOL), executada a tiros há 30 dias no Rio de Janeiro, será lembrada em manifestações por todo o país neste sábado (14). Em Natal (RN), o ato público “Amanhecendo com Marielle” começa a partir das 7h, na praça Gentil Ferreira, bairro do Alecrim. Além da parlamentar, o motorista Anderson Gomes também será homenageado. O crime segue sem esclarecimento.

A intenção dos organizadores é fazer uma concentração na praça e realizar intervenções com música, girassóis e balões. Uma panfletagem na feira do Alecrim também está prevista. O ato é organizado coletivamente pelo setorial de Negros e Negras e de Mulheres do PSOL, PT, MST , Levante Popular da Juventude, mandato da vereadora Natália Bonavides, mandato do vereador Sandro Pimentel, mandato do deputado Fernando Mineiro, Marcha Mundial de Mulheres, Frente Brasil Popular, LSR, Mais, Nova Praxis e MES.

Os manifestantes em todo o Brasil também cobram Justiça com punição para os assassinos. Marielle foi a quinta vereadora mais votada do Rio de Janeiro, era negra, lésbica, mãe, cria da Favela da Maré e defendia abertamente os direitos humanos, especialmente, de mulheres e da juventude preta e periférica. Mais recentemente, havia sido escolhida como relatora da Comissão, na Câmara Municipal, que acompanhava a Intervenção Militar no Rio de Janeiro.

 

Sandro “Marielle” Pimentel

 Na esteira da solidariedade de parlamentares do PT, que incluíram “Lula” entre os nomes parlamentares, o vereador Sandro Pimentel também homenageou a colega parlamentar executada a tiros dia 14 de março. O vereador natalense pediu a inclusão de “Marielle” em seu nome parlamentar e desde quinta-feira (12) passou a assinar os documentos na Câmara Municipal como Sandro “Marielle” Pimentel.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *