TRANSPARÊNCIA

Ministro da Educação sugere que alunos façam limpeza e a Polícia Militar a segurança das universidades no RN

Os reitores da UFRN, UFERSA e IFRN, acompanhados da bancada federal do Rio Grande do Norte, se reuniram com o ministro da Educação, Abraham Weintraub na segunda-feira (20) para discutir alternativas aos cortes de aproximadamente R$ 108 milhões nos orçamentos das três instituições federais.  A comitiva potiguar ouviu do representante do governo Bolsonaro que os estudantes deveriam assumir as funções dos terceirizados, como manutenção e limpeza das instituições. Além disso, o ministro sugeriu que a Polícia Militar faça a segurança nos campi, ao invés de empresas terceirizadas.

Essas são as propostas do Governo federal para que as instituições de ensino superior consigam se manter mesmo após o bloqueio de custeio por parte do ministério da Educação. Só no RN, as três instituições somam R$ 108 milhões em recursos contingenciados.

O ministro Weintraub ainda assinalou aos reitores e parlamentares que não há a possibilidade do desbloqueio no momento e condicionou a liberação dos recursos à reforma da previdência. Colocando mais uma vez o interesse do Planalto como chantagem, apesar de ouvir da reitora da UFRN, Ângela Paiva, sobre a impossibilidade de dar continuidade ao ano letivo após o mês de setembro.

Abraham Weintraub acrescentou que defende a gratuidade do ensino de graduação, embora salientasse a necessidade de estabelecer um novo modelo de fazer a universidade funcionar, permeado pela existência de outras fontes de financiamento complementares.

O ministro se comprometeu a avaliar cada caso e buscar alternativas juntos ao ministério da Economia. Enquanto o coordenador da bancada federal, o deputado Rafael Motta (PSB) anunciou que vai apresentar uma emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para impedir o contingenciamento de recursos da educação.

Artigo anteriorPróximo artigo

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *