+ Notícias

Com 98% dos leitos covid-19 ocupados, Mossoró retoma cirurgias eletivas

Apesar do alto índice de ocupação dos leitos clínicos e críticos para pacientes com covid-19, em torno dos 98%, a prefeitura de Mossoró decidiu retomar a realização de cirurgias eletivas. Os procedimentos estão relacionados, principalmente, a problemas de visão dos pacientes.

“Só de cirurgias oftalmológicas são cerca de duas mil. São pessoas que estão perdendo a visão por falta de cirurgia de catarata. A população pode se dirigir às unidades básicas de saúde para atualizar seus cadastros e exames para dar prosseguimento à cirurgia”, anunciou o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do município, algumas pessoas já aguardavam na fila de cirurgias eletivas oftalmológicas há quase dois anos e para diminuir essa fila de espera será realizado um mutirão.

Dados desta quinta (8), cedidos pela prefeitura de Mossoró, apontam que a cidade tem 17.032 casos confirmados de covid-19, mais 2.601 casos suspeitos e 358 mortes resultantes da doença. Um total de 140 pacientes estão internados nos leitos públicos do município por causa do novo coronavírus. São 77 pacientes na UTI geral, o que resulta numa ocupação de 98,7% dos leitos, e mais 58 pacientes em leitos clínicos, ocupando, também, 98,7% das unidades de internação.

Pela lista de regulação da região Oeste, onde fica Mossoró, 22 pacientes estão na fila de espera por um leito crítico (semi-intensivo e UTI) e a taxa de ocupação é de 98%. A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) publicou em 23 de fevereiro, uma portaria suspendendo as cirurgias eletivas em todas as unidades da rede estadual e recomendando que os leitos que eram disponibilizados para os procedimentos cirúrgicos fossem adaptados para atender a pacientes com covid-19.

No entanto, a portaria trazia algumas exceções, como no caso das cirurgias vasculares, ortopédicas, aquelas solicitadas por demanda judicial ou no caso dos procedimentos, cujo adiamento, resultasse no agravamento do estado de saúde do paciente. De acordo com a Secretaria de Saúde de Mossoró, as unidades onde serão realizadas as cirurgias oftalmológicas estão seguindo todos os protocolos de biossegurança.

Imagem: reprodução Regula RN
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *