CIDADANIA, Principal

Mostra nacional de cinema exibe 40 filmes sobre Direitos Humanos em Natal

A 12ª edição do projeto Cinema e Direitos Humanos tem abertura oficial nesta terça-feira (20), a partir das 19h, no estádio Arena das Dunas. Durante a cerimônia serão exibidos dois filmes de curta-metragem: Nós, sobre imigrantes; e Do outro Lado, cuja temática é a população LGBT.

Além do Rio Grande do Norte, a mostra também será exibida em todos 26 estados, além do Distrito Federal.

programação é gratuita, conta com 40 filmes de curta, média e longa-metragem, começou dia 19 e segue até 30 de novembro em três salas montadas especialmente para receber o projeto. Além da Arena das Dunas, a 12ª edição do Cinema e Direitos Humanos também vai acontecer no campus do IFRN Cidade Alta e no LabCom UFRN. 

O tema deste ano é a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que completa 70 anos em 2018. A personalidade homenageada este ano é o ator Milton Gonçalves.

Milton Gonçalves, em Lúcio Flávio: o Passageiro da Agonia

Os filmes estão divididos em quatro programações: Mostra Panorama, com filmes sobre diversas temáticas de Direitos Humanos; Mostra Temática, em comemoração aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos; Mostra Homenagem, cujo agraciado é o ator Milton Gonçalves; e Mostrinha, para o público infanto-juvenil.

 

 

 

A mostra conta com a M.A.P.A como produtora local que é o responsável pela exibição dos filmes e promoção de debates após as sessões. Para agendar sua instituição você deve enviar um e-mail para mcdh.natal@gmail.com com as seguintes informações: nome da escola/instituição, número de alunos, título do filme, data, hora e local e contato do responsável.

ARENA DAS DUNAS

Curta-metragem Nós debate o tema da imigração e será exibido na estreia da Mostra, às 19h, na Arena das Dunas

20 de novembro (Abertura)

19h – Nós – 6 minutos – Imigrantes / Brasil
19h – Do Outro Lado – 14 minutos – População LGBT / Brasil

22 de novembro

9h – Príncipe da Encantaria – 11 minutos
9h – A Natureza Agradece – 14 minutos
9h – A Câmera do João – 22 minutos
11h – Outro Olhar – 34 minutos – Direitos a pessoa com deficiência
Brasil
11h – Monocultura da Fé – 23 minutos – População Indígena
Brasil
11h – Waapa – 20 minutos – População Indígena
Brasil
14h – Heróis – 1h10
Brasil

23 de novembro

9h – Louise – 5 minutos / Brasil
9h – A Bicicleta do Vovô -22 minutos
/ Brasil
11h – Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones – 25 minutos – Direito a pessoa com Deficiência
Brasil
11h – Nunca Me Sonharam – 1h24 – Direito à Educação
Brasil
14h – Café com Canela – 1h40
Brasil

IFRN Cidade Alta

Chega de Fiu Fiu discute o machismo e será exibido dia 20, às 14h

Dia 19 de novembro

9h – Histórias da Fome no Brasil – 52 minutos
Brasil
14h – Rua das Casas Surdas – 8 minutos – Memória e Verdade
Brasil
14h – Marcos Medeiros – Codinome Vampiro – 1h11 – Memória e Verdade
Brasil

Dia 20 de novembro

9h – Batuque Gaúcho – 26 minutos – Diversidade Religiosa
Brasil
9h – As Sementes – 32 minutos – Meio Ambiente
Brasil
14h – À Espera – 22 minutos – Direito a criança e adolescente e Questão de Gênero Moçambique
14h – Chega de Fiu Fiu – 1h13 – Questão de Gênero
Brasil

Dia 22 de novembro

9h – Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia – 1h58
14h – A Rua Noiz – 14 minutos – Cultura, Educação e Direitos Humanos
Brasil
14h – Enrolado na Raiz – 23 minutos – População Negra
Brasil
19h – Carandirú – 2h26

Dia 23 de novembro

9h – Narrativas de Um Crime – 15 minutos – Combate à Violência e LGBT
9h – Um Café e Quatro Segundos – 15 minutos – Memória e Verdade
Brasil
9h – Lacerda – O Corvo da Guanabara – 19 minutos – Memória e Verdade
Brasil

Dia 24 de novembro

16h – O Começo da Vida – 1h47 – Direito da Criança
Brasil

LabCom UFRN

Documentário sobre escritor uruguaio Eduardo Galeando será exibido dia 27, às 14h, no LabCom da UFRN

Dia 27 de novembro
 
14h – Eduardo Galeano Vagamundo – 1h12
Brasil
16h – Menina de Barro – 1h37 – Bullying
Brasil
19h – Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia – 1h58

28 de novembro

14h – Sociedade Etiquetada – 5 minutos – Direitos Humanos
14h – Tente Entender o Que Eu Tento Dizer – 1h25 – Direito a Saúde
16h – Batuque Gaúcho – 26 minutos – Diversidade Religiosa
Brasil
16h – As Sementes – 32 minutos – Meio Ambiente
Brasil
19h – Rainha Diaba – 1h50

29 de novembro

14h – Henfil – 1h14
Brasil
16h – Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones – 25 minutos – Direito a pessoa com Deficiência
Brasil
16h – Nunca Me Sonharam – 1h24 – Direito à Educação
Brasil
19h – Outro Olhar – 34 minutos – Direitos a pessoa com deficiência
Brasil
19h – Monocultura da Fé – 23 minutos – População Indígena
Brasil
19h – Waapa – 20 minutos – População Indígena
Brasil

30 de novembro
14h – Uma Bala – 2 minutos – Defesa aos Defensores de Direitos Humanos
Brasil
14h – Nomes que Importam – 15 minutos – População LGBT
Brasil
14h – Repense o Elogio – 48 minutos – Questão de Gênero
Brasil
16h – O Que é Isso Companheiro – 1h50
19h – Eles Não Usam Black Tie – 2h14

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"