DEMOCRACIA

Motoboys e entregadores por aplicativos fazem protesto nesta quarta em Natal (7) contra aumentos da gasolina

Quem trabalha com o serviço de entrega vem sofrendo com a redução da renda provocada, principalmente, pelos aumentos sucessivos no preço pago pela gasolina. Para esta terça (6), a Petrobras anunciou mais um aumento de 6,3% no combustível, além de alta também para o diesel e GLP, o gás de cozinha. Somente em 2021, o acúmulo da alta no preço da gasolina já chega a 46%.

A lucratividade pra gente nas entregas diminuiu drasticamente. Aumentou tudo e a categoria também tem pagado pelos outros aumentos, como na manutenção, pneu e no emplacamento da moto, é uma série de coisas que aumentam junto, não é só o combustível. As taxas continuam no mesmo valor e tem gente que ainda acha que tá caro”, reclama Maciel Medeiros, que trabalha como moto entregador.

Diante da situação de aperto nas contas no fim do mês e sem perspectiva de melhora, motoboys e entregadores de aplicativos vão se reunir em um ponto da Zona Norte de Natal às 14h desta quarta (7) e seguir em direção à Ponte Newton Navarro, às 15h, para uma manifestação contra os aumentos no preço da gasolina. Ainda não há uma estimativa de quantas pessoas vão participar do protesto.

Tá muito difícil. A gente consegue se virar porque arruma outras coisas pra complementar a renda. Eu mesmo estou fazendo bicos de manutenção que já fazia, só que agora com mais frequência”, desabafa Maciel.

Covid-19

De acordo com a categoria, a maioria das empresas não adotou qualquer política de proteção dos entregadores em relação à covid-19, apenas o Ifood distribuiu depósitos de álcool entre os moto entregadores.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *