CIDADANIA

Natal recebe pouco mais de cinco mil doses do novo lote da Coronavac e começa vacinação de idosos na quarta (10)

Das 46.800 doses enviadas pelo Ministério da Saúde para o Rio Grande do Norte neste último domingo (7), 5.250 foram entregues à capital, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal. Os primeiros vacinados serão os idosos acamados e, em seguida, será a vez dos idosos com 95 anos ou mais. Há uma estimativa de que haja cerca de três mil idosos acamados na capital e a imunização será feita nas residências de cada um para evitar a exposição e um maior risco de contágio para o idoso.

Ainda segundo a SMS, não há uma data fixa para iniciar a etapa seguinte de imunização porque a vacinação de pessoas acamadas leva mais tempo do que a imunização em postos de saúde ou no sistema drive-thru. Para garantir a vacinação é preciso cadastrar o idoso acamado para solicitar que a imunização seja feita em casa. Podem ser cadastradas pessoas que permanecem acamadas por períodos curtos ou longos, portadores de doenças crônicas, idade avançada, deficiência, ou outras questões que fazem com que o idoso necessite da ajuda de um cuidador nas atividades de vida diária e possuem 60 anos ou mais.

O responsável pelo idoso deve realizar um cadastro pessoal para, em seguida, informar os dados do idoso, como CPF, endereço completo, doença de base que levou a pessoa a ficar acamada, comorbidades e cuidadores.

2ª dose

Também está prevista para esta semana a distribuição da 2ª dose da Coronavac para quem foi imunizado com o 1º lote. As vacinas serão distribuídas pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e vacinação deve ocorrer em duas etapas: entre os dias 10 e 17 de fevereiro e entre os dias 15 e 19, dependendo do dia em que a pessoa receber a 1ª dose da vacina. É preciso respeitar o intervalo de 21 a 28 dias entre a 1ª e a 2ª dose.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo