CULTURA

Natal se reinventa na pandemia com Cine drive-in no clima dos anos 1970

Anúncios

A capital potiguar será contemplada, em outubro de 2020, com o primeiro cinema em formato drive-in na Arena das Dunas com entrada gratuita. Em momento de pandemia, a cidade viajará no tempo com o projeto cine drive-in Natal. O novo formato, adaptado às regras de distanciamento social, preenche uma lacuna criada pelo fechamento dos cinemas tradicionais de Natal em razão da pandemia.

A iniciativa ocorrerá em quatro edições, com exibição de seis filmes em quatro sessões, sempre aos sábados. Dos longas a serem exibidos, três filmes são potiguares. A primeira sessão é infantil, com classificação indicativa livre, às 17h. Na sequência, às 20h, será exibida a sessão Clássicos do Cinema, com classificação indicativa livre ou 14 anos. A terceira e quarta sessões reúnem curtas metragens produzidos no Rio Grande do Norte e filmes contemporâneos, os chamados filmes de festivais.

O cine drive-in terá projeção e radiotransmissão de alta qualidade para atender 200 carros por sessão. Entre as exibiçoes, um DJ agitará o ambiente discotecando músicas potiguares e de trilhas cinematográficas.

O projeto, idealizado pelas produtoras Haylene Dantas e Keila Sena, traz em sua identidade visual uma alusão aos anos 1970, quando ocorria na capital o cinema “No Carango” e serviço de bar com o Hippie Drive-In. Para Keila Sena, o cine drive-in Natal, além de trazer a experiência nostálgica, ficará na memória afetiva das pessoas.

“Além da nossa identidade visual da logomarca, o evento terá participação de lanterninhas e vendedores com figurinos inspirados na época. Isso vai ficar na memória afetiva das pessoas, elas contarão para seus descendentes”, afirmou.

Haylene Dantas destacou que esse foi o momento de explorar a tecnologia, usar de recursos disponíveis que não usava antes da pandemia. Para ela, surgiu uma nova forma de comunicação:

“Essa nova comunicação que surge através da tecnologia nós não usávamos na sua totalidade. E, agora, isso é possível. Eu tive um privilégio mais do que dificuldade, pois tive verba dos patrocinadores para realizar o projeto. Fui abraçada por empresas e assim poder gerar emprego”, esclareceu.

Haylene cita a praça de alimentação no local, mas que funcionará em sistema delivery – entregando o pedido no carro. Outras regras são referente à segurança e higienização que, também, estão previstas: só será permitido a saída do carro para ir ao banheiro, haverá o uso de máscaras, entre outros. A fiscalização das medidas de segurança ficará por conta dos “lanterninhas”.

O projeto também pensou na acessibilidade e terá auxilio da comunicação por libras, bem como regras de funcionamento para permitir o maior acesso ao público. Essa regra, se baseará na permissão de um filme por carro a cada sábado.

O projeto foi aprovado pelas leis de Incentivo à Cultura que beneficiam o patrocínio das empresas por meio da dedução de impostos, através da Lei Municipal Djalma Maranhão da prefeitura de Natal e Lei Estadual Câmara Cascudo do Governo do Estado.

Cine Drive-in tará a capital potiguar a experiência dos anos 70

Idealização do projeto

O cine drive-in surgiu no começo da pandemia, com a visão de que as pessoas não teriam como sair de casa. Haylene Dantas, provocada por pessoas próximas, criou o projeto junto a Keila Sena, por terem ideias complementares. Sendo assim, após as confirmações das parcerias e projeto desenhado, a HD Produções e Casa de Produção fizeram a divulgação.

Artigo anteriorPróximo artigo
Allan Almeida
Jornalista potiguar em formação pela UFRN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *