CIDADANIA

Novo convênio com a Caixa garante 1000 moradias em 60 municípios do RN

Anúncios

A retomada do convênio do Pró-moradia e Viver Melhor será assegurada pelo Governo do Estado em reunião nesta segunda-feira (14). Com o programa realizado pela Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano (Cehab), o Governo prevê a construção de 1000 moradias em 60 municípios pelo Rio Grande do Norte. Na sexta-feira (11), a governadora Fátima Bezerra (PT) se reuniu com representantes do Movimento de Luta por Moradia Popular (MLMP). O objetivo foi tratar sobre projetos de moradia que atendam as necessidades das famílias sem teto. Segundo a organização, 100 mil famílias sofrem com déficit habitacional no Estado, sendo 40 mil concentradas somente em Natal e região.

Com a renovação do convênio, cerca de quatro mil pessoas em situação de vulnerabilidade social serão beneficiadas com as moradias. O programa conta com financiamento, suporte técnico e acompanhamento dos projetos da Caixa Econômica Federal, que se reuniu com representantes do governo para analisar a situação dos dois contratos de moradias sociais que estão em andamento.

“São projetos que a Cehab já vem acompanhando e dando a devida atenção para assegurar que essas unidades habitacionais sejam concluídas e entregues, beneficiando essas famílias”, disse o diretor-presidente da Companhia de Habitação do RN, Pablo Thiago Oliveira, na reunião da sexta (11).

Os municípios que receberão o programa passaram por uma análise criteriosa, na qual se avaliou o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o déficit habitacional e situação de vulnerabilidade da população local, entre outros indicadores exigidos pelo banco.

Anúncios

O Governo vai oferecer moradias com valor médio de R$ 50 mil, num total de investimento que chega a mais de R$ 55 milhões. Para Fátima Bezerra, o convênio é mais um compromisso assumido pelo governo em diminuir o déficit habitacional no Estado. 

“O povo merece ter a sua casinha, merece que ela seja cercada de infraestrutura e segurança, e é para isso que retomamos o programa, além de investir em outros projetos da área habitacional”, disse.

De acordo com o presidente da Companhia Estadual de Habitação, Pablo Thiago Lins, o levantamento dos municípios foi aprovado pela Caixa, que irá traçar o cronograma de obras para a construção das moradias. “A retomada do Pró-moradia/Viver Melhor é um passo importante na implementação das políticas habitacionais no estado”, declarou. 

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *