OPINIÃO

O personagem kelps Lima

Kelps Lima se apresenta pela segunda vez ao eleitorado de Natal como candidato a prefeito de Natal. Como qualidades, o pretendente se coloca como um agente público moderno, conectado com as novas tecnologias e completamente avesso às velhas práticas da política.

O postulante, que exerce atualmente o cargo de deputado estadual, exalta frequentemente sua extensa qualificação para chefiar o poder executivo da capital potiguar, se posiciona contra o uso do Fundo Eleitoral e adota na campanha um discurso bastante contundente contra as oligarquias.

É possível perceber que Kelps está antenado com estereótipo do político desejado por grande parte dos eleitores. O deputado construiu o perfil do candidato ideal, bem como, elaborou todo o discurso associado. O método se assemelhou bastante ao processo de criação que atores realizam quando vão construir personagens que serão interpretados.

O ator, ao ser escalado para um personagem, faz uma série de pesquisas para encontrar a personalidade e as características certas que se enquadrem no papel que será desempenhado. Ao mesmo tempo, é necessário atrair a simpatia do público que irá consumir o conteúdo.

E assim, usando técnicas análogas aos artistas, Kelps Lima criou o modelo padrão de candidato a prefeito de Natal. O político fez uma série de levantamentos sobre atributos esperados pelos eleitores e criou o personagem certo para se apresentar nas ruas, nas redes sociais e no horário eleitoral.

Por outro lado, o deputado é presidente do Solidariedade no estado e a sua legenda em todo Estado já movimentou por volta R$ 1,2 milhão do fundo eleitoral. Desta forma, o discurso contra o uso dos recursos perde completamente a razão.

Defensor da moralidade na política, Kelps escolheu como companheiro de chapa o engenheiro Brenno Queiroga. O pretenso vice-prefeito, lamentavelmente, acumula diversos processos na justiça estadual e federal que podem ser facilmente consultados na internet.

O parlamentar também é contrário à distribuição de cargos para apadrinhados políticos. Contudo, vários membros do diretório estadual do partido já foram indicados para cargos comissionados na Assembleia Legislativa.

Mesmo participando de alianças no passado com Henrique Alves, Kelps ainda se comporta como ferrenho crítico das oligarquias. Exemplos não faltam para comprovar a divergência entre o discurso e a prática. Assim como o bom ator precisa se adaptar as características exigidas do personagem, o candidato a prefeito segue firme atuando nos palanques.

A expressão Luz, câmera e ação é utilizada pelos diretores para informar ao ator do início imediato da gravação de uma cena. É então chegado o momento de Kelps Lima colocar o celular na mão e mais uma interpretação em ação.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *