+ Notícias

Pacientes da Região Metropolitana de Natal chegam a Pau dos Ferros na 3ª transferência da semana para o interior

Já chegaram em Pau dos Ferros os dois pacientes da Região Metropolitana de Natal, que na tarde desta quarta (24),  atingiu 89,17% de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivos e UTI) para pacientes com covid-19. Com isso, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), decidiu fazer mais uma transferência, a terceira da semana, de pacientes com o novo coronavírus para cidades do interior do Rio Grande do Norte.

O dois pacientes foram transportados de avião para o Hospital Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros. A unidade é referência em atendimento Covid-19 na Região do Alto Oeste e dispõe hoje de 31 leitos, sendo 13 de UTI, 15 clínicos e três de estabilização. Outros pacientes já haviam sido transferidos para Mossoró e Caicó nos últimos dias. Até agora, já são cinco o número de pacientes levados da Região Metropolitana da capital para o interior.

A Região Oeste, onde fica Pau dos Ferros, tem taxa de ocupação de 84,52%, o Seridó está com 82,86% dos leitos críticos ocupados e a média do RN é de 87% de ocupação. Nove hospitais estão com os leitos críticos completamente ocupados: Hospital Manoel Lucas de Miranda (Guamaré), Hospital Maternidade do Divino Amor (Parnamirim), Hospital Municipal Aluízio Bezerra (Santa Cruz), Hospital Regional de João Câmara, Hospital Tarcísio Maia (Mossoró), Hospital Regional Lindolfo Gomes (Santo Antônio), Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos (Açu), Hospital Universitário Onofre Lopes (Natal) e a Unidade Materno Infantil Integrada de São Paulo do Potengi.

Além dessas unidades, outros dois hospitais seguem com taxa de ocupação acima dos 90%, é o caso do Hospital de Campanha de Natal (96,67%) e o Hospital Colônia Dr João Machado (93,75%), ambos na capital. A Região Metropolitana estava com 33 pacientes à espera de um leito crítico na tarde desta quarta, mas apenas 23 vagas disponíveis.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo