DEMOCRACIA

Partidos indicam líderes na Assembleia; Isolda lidera bloco com PT e PHS

Os deputados estaduais Isolda Dantas (PT), Francisco do PT e Sousa Neto (PHS) atuarão em bloco na Assembleia Legislativa. O grupo será liderado pela ex-vereadora de Mossoró. Souza Neto ficará na vice-liderança.

Nesta quarta-feira (6), os partidos começaram a se agrupar em bancadas. Cinco blocos já estão formados na Casa. Além da união entre PT e PHS, repetindo a aliança na campanha vitoriosa da governadora Fátima Bezerra, outras siglas já definiram composições.

Os líderes de Partidos com até dois deputados, ou de Partidos que participem de Bloco Parlamentar , além do líder do Governo terão direito a voz, mas não a voto na reunião de lideranças.

Isolda Dantas afirmou que a estratégia é atuar de forma autônoma:

“Nós compusemos um bloco para opinar de forma autônoma e contribuir no Governo e na Assembleia. Uma casa harmonizada caminha mais, produz mais”, afirmou.

Maior partido da ALRN com cinco deputados, o PSDB ficará sozinho e já indicou Gustavo Carvalho para a liderança. O deputado Raimundo Fernandes será o vice.

O PSD, que elegeu os deputados Galeno Torquato e Vivaldo Costa, formou um bloco parlamentar com o PSL do deputado Coronel Azevedo, que será o líder. O vice-líder é o deputado Vivaldo Costa.

O DEM e o MDB caminharão unidos. O líder será Getúlio Rego (DEM) e a vice-liderança ficará com Hermano Morais (MDB). O bloco conta ainda com o deputado Nelter Queiroz (MDB).

Outro bloco foi formado pelo Avante e o PROS. O líder é o deputado Dr. Bernardo (Avante) e o vice-líder Albert Dickson (Pros), tendo ainda como membro o deputado Kleber Rodrigues (Avante).

O Solidariedade também atuará sozinho, com os três parlamentares eleitos pela sigla: Kelps Lima, Cristiane Dantas e Allyson Bezerra. A liderança será definida após uma reunião entre os parlamentares nesta quinta-feira (7).

Partido estreante na Casa, o PSOL decidiu ficar isolado. Sandro Pimentel informou que não vai formar bloco com nenhuma outra sigla.

– Ficarei isolado de reuniões e decisões internas, mas tudo terá que passar pelo plenário e lá vou fazer minha política e votar no que acredito. Enfim, quero fazer meu mandato para fora, não tenho outra opção”, disse.

O PTC ainda está analisando as composições.

Reunião de Lideranças

De acordo com o Artigo 85 do Regimento Interno da Assembleia Legislativa, os líderes da Maioria, da Minoria e das Bancadas constituem, a  Reunião de Lideranças.

Compete à Reunião de Lideranças, entre outros assuntos, estabelecer entendimentos políticos entre as bancadas sem prejuízo da competência legislativa do Plenário e das Comissões, além dispensar exigências e formalidades regimentais para agilizar a tramitação das proposições.

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *