DEMOCRACIA

Pedro Ratts chama sua condenação de “injustiça fiscal”

Atual secretário estadual de Comunicação, Pedro Ratts emitiu nota na sexta-feira (23) após publicação de sentença da Justiça que o condena por improbidade administrativa com outros três profissionais e três empresas. Entenda o caso.

O publicitário diz que a empresa Ratts Ratis Comunicação vai cumprir a multa civil aplicada, mas está confiante de que a “injustiça fiscal seja reparada”. Leia:

No ano de 2003 nossa empresa prestou serviços ao Governo, na única vez em que se habilitou pra atender o Estado. Naquele ano a empresa emitiu uma ÚNICA NOTA FISCAL de um tipo de serviço para a comunicação do estado (por ironia do destino, o órgão o qual hoje estou à frente como titular, com muita honra) e esta nota foi juntada a um longo processo com notas de outras agências que, segundo a Justiça, praticaram serviços incompatíveis com o contrato. A Justiça determinou multa civil e a empresa irá cumpri-la, após o recurso permitido por lei e ainda confiante de que esta injustiça fiscal seja reparada.

Pedro Ratts. Proprietário da Ratts Ratis Comunicação.

Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *