TRANSPARÊNCIA

PF cumpre mandado de busca e apreensão em agência de publicidade que fez campanha para prefeito de Natal

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão de computadores na Base Propaganda LDTA, contratada pela Prefeitura de Natal, por determinação da Justiça Eleitoral, na quinta (17). A ação foi aberta a pedido do senador e então candidato a prefeito de Natal Jean Paul Prates (PT), que emitiu nota nesta sexta (18) sobre o assunto.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), na época candidato à reeleição, usou a mesma identidade visual das campanhas divulgadas pela Prefeitura de Natal em seus programas de campanha.

O processo mostra provas de que a Base Propaganda venceu a licitação para fazer as propagandas do município de Natal e realizou também a propaganda eleitoral de Álvaro Dias. Apesar disso, a empresa não declarou ter recebido qualquer valor pela campanha de reeleição do prefeito. Da Prefeitura, já havia recebido, só em 2020, mais de dois milhões de reais (R$ 2.234,603,24).

Confira nota de Jean Paul Prates:

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na Base Propaganda LDTA, por determinação da Justiça Eleitoral. O mandado é resultado de uma ação que movemos ainda durante a campanha para a Prefeitura de Natal, que aponta que houve abuso de poder econômico, de poder político e uso indevido de meio de comunicação social pelo prefeito Álvaro Dias durante a campanha.

Reunimos provas que evidenciam que a empresa Base Propaganda firmou contrato com a Prefeitura do Natal após vencer licitação e já recebeu cerca de R$ 2,2 milhões para prestação de serviços de propaganda e comunicação digital ao Município. Também juntamos evidências de que o mesmo material produzido nesse serviço foi usado na campanha eleitoral.

Isso configura crime eleitoral, a partir do uso inapropriado de recursos do próprio Município em benefício da campanha de reeleição do atual prefeito. Para nós não há dúvidas de que a empresa contratada pela prefeitura prestou serviços à campanha de Álvaro Dias.

Temos confiança na Justiça e no andamento correto do processo eleitoral. Seguimos vigilantes para garantir que essa situação seja julgada com retidão, para que os envolvidos no suposto crime sejam punidos.

Senador Jean

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *