DEMOCRACIA

PGR abre investigação contra ex-ministro da Justiça de Bolsonaro depois de denúncia da deputada Natália Bonavides (PT)

Foi depois de denúncia protocolada pela deputada federal Natália Bonavides (PT-RN), que o procurador-geral da República, Augusto Aras, decidiu abrir investigação preliminar para analisar a conduta do advogado-geral da União, André Mendonça.

De acordo com a parlamentar do Rio Grande do Norte, Mendonça teria aberto inquéritos na Polícia Federal para, supostamente, intimidar opositores políticos do Governo de Jair Bolsonaro fazendo, inclusive, uso da Lei de Segurança Nacional.

A decisão foi comunicada nesta sexta (16) ao Supremo Tribunal Federal. O crime de responsabilidade e abuso de autoridade teria sido praticado por André Mendonça quando ele era ministro da Justiça.

Este governo nunca escondeu sua inspiração autoritária. E o ministro André Mendonça tem cumprido esse papel de capanga de um governo autoritário que tem como meta, já anunciada na campanha, perseguir a oposição. Ao determinar a abertura de inquérito contra quem faz o exercício do direito à crítica, André Mendonça está cometendo crime, está participando da delinquência contumaz do governo Bolsonaro”, argumentou Natália Bonavides.

Uma das vítimas da prática de Mendonça teria sido o comentarista político e advogado Marcelo Feller, que durante um programa da CNN afirmou que Bolsonaro o discurso e postura de Bolsonaro eram responsáveis por, pelo menos, 10% das mortes por covid-19 do Brasil.

Como o ex-ministro da Justiça já determinou a abertura de inquérito contra várias pessoas que criticaram o Governo Bolsonaro, a deputada apontou que Mendonça, além de abuso de autoridade, também pode ter cometido crimes de responsabilidade por intimidar opositores do governo e vetar o direito à crítica, utilizando inquéritos como uma forma de intimidar e impedir as pessoas de exercerem a liberdade de expressão. A abertura da investigação pela Procuradoria Geral da República repercutiu nacionalmente e foi noticiada por veículos como o Jornal Nacional e a Globo News.

Natália Bonavides (PT – RN) I Foto: Cleia Viana

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *