OPINIÃO

Por que a cultura do cancelamento atravessou a rua?

Anúncios

O Tóxico, o Normalizem e a Não-romantização entram no bar. Chega a Cultura do Cancelamento e junta-se a eles.

– Normalizem o demorar a responder. Afinal, tá todo o mundo tão cansado.
– Mas é um comportamento meio tóxico deixar no vácuo, demorar muito a falar…
– Não sei, só acho que precisamos urgentemente parar de romantizar as relações.
– Isso! Está cancelada desde já toda e qualquer romantização.

Um jovem se aproxima e intervém no papo:

– Não tive como não ouvir a conversa. Não quero polemizar, nem me intrometer, mas acho que nesse caso precisamos fazer um recorte. De pronto, as vozes se exaltam, se atropelam, já não se entendem. “Precisamos de mais diálogo”, clama o jovem Recorte. “Não existe diálogo, o silêncio é ensurdecedor”, retruca uma inflamada Cultura do Cancelamento. E de novo as vozes se exaltam, se atropelam, não se entendem.

Enquanto a gritaria tumultua o ambiente, um filhote de gato entra no bar, acomoda-se embaixo da cadeira e se lambe todo. Dorme. Faz silêncio no mundo dos gatinhos, lá não existe cancelamento, e nada é romantizado. Um miau é só um miau e vida que segue.

– Preciso ir embora desse ambiente tóxico! Vou dar um tempo de vocês.
– Quer dizer que a bonita vai partir pro pessoal agora?
– Entendo essa necessidade de ficar sozinha, Cultura do Cancelamento. Todo mundo precisa de autocuidado. Até você!

E foi. Ninguém percebeu, mas saiu sem pagar a conta. E ao atravessar a rua ainda desdenhou: já tô cancelada mesmo.

Pequeno glossário informativo

Tóxico: Algo/alguém de viés nocivo. Curiosamente é uma característica observada quase sempre nos outros. Sendo considerados raros os casos de auto-toxicidade.

Não romantizar: Romper com as convenções sociais estabelecidas, agindo conforme as convenções pensadas por quem é contra a romantização.

Normalizem: Lê-se também “Concordem comigo, por favor.”

Cultura do cancelamento: Comportamento amplamente registrado em usuários de redes sociais cujas principais características são: hostilidade, histeria, narcisismo e imprudência. Nos casos mais comuns, vem precedido de apoio incondicional, irrestrito e até mesmo cego à personalidade que é agora cancelada.

Recorte: Delimitação dentro de um tema que já não se sabe qual é em virtude do intenso diálogo em que está sendo debatido.

Artigo anteriorPróximo artigo
Ana Clara Dantas
Ana Clara Dantas é jornalista e escreve às sextas-feiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *