Principal

Potiguar Ítalo Ferreira é campeão mundial de surf

Anúncios

De Baía Formosa para o mundo. O potiguar Ítalo Ferreira venceu nesta quinta-feira (19) o campeonato mundial de surf e agora entra para a elite do surfe. A vitória na final foi sobre o compatriota Gabriel Medina, que já foi campeão em 2014 e 2018. na semifinal, o surfista potiguar derrotou o mito Kelly Slater. O cenário da final aconteceu em Pipeline, no Havaí. Ferreira tem 25 anos e sagrou-se campeão pela primeira vez na carreira. Ele é um dos três brasileiros na história a levantar o troféu de melhor surfista do mundo.

Ítalo Ferreira vinha desenhando o campeonato. Desde abril de 2019, venceu três vezes, foi vice-campeão outras duas, além de dois quintos e um nono lugar. A regularidade que trouxe pontos importantes, o que o manteve sempre entre os primeiros colocados para chegar em águas havaianas como líder da temporada.

Esse é o quarto título do Brasil na elite do surfe mundial. Além de Medina em 2014 e 2018, Adriano de Souza conquistou a temporada de 2015.

Anúncios

Desde 2018, os brasileiros são maioria no circuito. Em 2019, dos 34 surfistas fixos da elite, 11 eram do país. A Austrália aparecia em segundo lugar, com oito representantes. Havaí e Estados Unidos, com quatro surfistas cada um, não chegariam ao número brasileiro nem se todos competissem sob a mesma bandeira americana.

Na próxima temporada, além do quinto título mundial, o Brasil tentará estender seu domínio à Olimpíada. Os Jogos de Tóquio serão os primeiros que incluirão o surfe no programa, com a disputa programada para a praia de Tsurigasaki, em Chida, a cerca de 60 quilômetros da capital. Os representantes do país na competição foram definidos pelo ranking de 2019. Assim, Ítalo e Medina vão brigar pelas inéditas medalhas.

Com informações do jornalista Renato Sumatra e do jornal Zero Hora

Anúncios
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *