+ Notícias

Prefeito de Natal Álvaro Dias fura-fila e anuncia que será o primeiro a se vacinar em Natal

O prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB) vai furar a fila e, embora não esteja na linha de frente do combate a covid-19 ao lado de aproximadamente 35 mil profissionais da saúde na capital, será a primeira pessoa a receber a vacina Coronavac do lote destinado ao município de Natal.

Álvaro Dias é médico, mas não atua na profissão há vários anos. Ele anunciou à imprensa que será o primeiro a se vacinar “para dar exemplo”. No entanto, a própria prefeitura de Natal informou que a primeira dose deve ser aplicada prioritariamente nos servidores da saúde que atuam diretamente na pandemia, além de idosos que vivem em abrigos de longa permanência. O prefeito não se enquadra em nenhum dos casos.

O início da imunização na capital do Estado está marcada para quarta-feira (20), a partir das 8h, em frente ao ginásio Nélio Dias, no bairro de Lagoa Azul, Zona Norte.

Defensor do tratamento precoce no combate a covid-19, Álvaro Dias vem receitando medicamentos em massa para a população, como a cloroquina e o vermífugo Ivermectina, rechaçado pela comunidade científica em razão de não haver comprovação da eficácia em humanos.

A prefeitura de Natal recebeu 12.235 doses de vacina nesta terça-feira, referentes ao 1º lote, e vai destinar 11.778 doses a uma parcela dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate a covid-19 e 457 para os idosos que vivem em abrigos.

Na manhã de hoje (19), o Governo do Rio Grande do Norte fez o lançamento oficial da vacinação no Estado e antes de enviar os lotes aos municípios vacinou oito servidores públicos da saúde que atuam na linha de frente do combate a pandemia. A governadora Fátima Bezerra (PT) não está no grupo prioritário desta primeira fase e, por isso, não se vacinou.

 

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *