TRANSPARÊNCIA

Prefeito de Natal é destaque nacional por insistir na distribuição de remédio sem comprovação científica para tratamento de covid-19

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB) ganhou repercussão nacional com sua política de tratamento precoce para covid-19, com distribuição de medicação sem eficácia científica comprovada e comumente utilizada para tratar piolho e sarna.

Dessa vez foi o jornal O Globo que destacou os prefeitos que, mesmo um ano depois do início da pandemia e com a perda de milhares de vidas, continuam na contramão da ciência. O jornal destacou que em Natal, o prefeito defensor da ivermectina como medida preventiva, vive uma queda de braço com a governadora Fátima Bezerra (PT) que, seguindo orientação do Comitê Científico, defende o isolamento social e optou por uma política de abertura de leitos na capital e no interior.

A matéria também destacou, de forma negativa, as atuações dos prefeitos de Itajaí (SC), Volnei Morastoni (MSB), e Itajubá (MG), Christian Gonçalves (DEM).

Entre o sábado (27) e o domingo (28), a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) registrou 14 óbitos somente nas últimas 24 horas, sendo seis dessas mortes ocorridas em Natal. O estado tem, ao todo, 191.779 casos e 4.413 mortes confirmadas por covid-19. Pelo último boletim do dia 26, 1.720 mortes decorrentes do novo coronavírus ocorreram em Natal.

Imagem: reprodução jornal O Globo

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo