TRANSPARÊNCIA

Prefeitura quer autorizar construção de edifícios em áreas proibidas em Ponta Negra

Anúncios

A vereadora Divaneide Basílio (PT) denunciou nesta quinta-feira (20) que a proposta de revisão do Plano Diretor apresentada pela prefeitura de Natal acaba com as chamadas áreas não edificáveis de Ponta Negra, região localizada entre a avenida Engenheiro Roberto Freire e a orla.

A minuta inicial da proposta elaborada pela prefeitura de Natal está sendo apresentada em audiência pública, no Centro Municipal de Referência em Educação (Cemure).

Aquela região não edificável é historicamente motivo de conflito entre empresários, moradores, município e Ministério Público.

Caso a proposta seja aprovada, destacou a parlamentar no twitter, ficam permitidas “construções de grandes espigões na área, impedindo a visão do mar e do morro do careca”.

“Muitos pontos do texto do Plano Diretor apresentado hoje, ferem de morte o princípio do Direito à Paisagem. Uma cidade bonita e moderna é aquela cuja legislação preserva seu patrimônios cênicos, ambientais e sociais. Em Natal, querem acabar com isso. Que loucura!”, escreveu a vereadora
Pela proposta do município, ficariam liberadas construções também ao redor do Parque das Dunas, área ambiental preservada:
“Outro anúncio feito pelo chefe do executivo foi a eliminação do controle da gabarito ao redor do Parque das Dunas, permitindo a construção de grandes prédios ao redor dessa área ambiental preservada”, denunciou a parlamentar.
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *