Principal

Primeiro lote de vacinas Pfizer, com 6 mil doses, tem previsão de chegada ao RN nesta quinta

O Brasil vai receber 1 milhão de vacinas da Pfizer nesta quinta-feira (29) e a expectativa é que 6 mil doses cheguem ao Rio Grande do Norte no mesmo dia. A mesma remessa tem ainda 1.600 de CoronaVac, destinadas a segundas doses.

No estado, apenas Natal receberá a vacina da Pfizer, denominada Comirnaty. Só a capital potiguar tem capacidade de armazenamento do imunizante que exige temperaturas mais baixas. A vacina foi registrada no Brasil pela Wyeth Indústria Farmacêutica e obteve o registro definitivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em fevereiro deste ano.

As exigências de armazenamento da Pfizer mudaram, flexibilizando a temperatura de conservação das doses. Antes, os frascos tinham que ser armazenados em temperaturas entre -90º e -60º. Com a mudança, podem ser guardados em temperaturas entre -25º e -15º por um período de até duas semanas.

Após esse período, os frascos precisam ser mantidos na temperatura já autorizada, entre -90º e -60º. Se retirada do congelador, pode ser armazenada por até cinco dias nas temperaturas entre 2º e 8º, facilitando a aplicação nos pontos de vacinação.

Segundo a Anvisa, a flexibilização da temperatura de conservação não prejudica a estabilidade do imunizante.

O intervalo entre a primeira e a segunda dose é de 21 dias e os cientistas avaliam a necessidade da terceira dose como reforço nove meses após a segunda aplicação.

A vacina da Pfizer é largamente utilizada no Reino Unido, em países da União Europeia, nos Estados Unidos, em Israel e Chile.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais