CIDADANIA

Pró-Reitor da UFRN garante que todos os residentes receberão alimentação

Mesmo com a suspensão de aulas na Universidade Federal do Rio Grande do Norte para aderir ao isolamento social em razão do Covid-19, alguns estudantes universitários permaneceram nas dependências da Residência ou em casas alugadas por subsídio do auxílio-moradia.

Esses estudantes têm direito à garantia de alimentação pela UFRN através do Restaurante Universitário, que encontra-se temporariamente fechado. Com isso a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis abriu um processo de seleção para os alunos receberem kits com diversos alimentos, no entanto, inicialmente nem todos os estudantes foram deferidos.

De acordo com o Pró-Reitor de Assuntos Estudantis, Edmilson Lopes, foram analisados os critérios prioritários inicialmente, mas todos os estudantes das residências receberão a alimentação.

“Alguns estudantes não foram atendidos ainda porque moram na região metropolitana, Ceará-Mirim, Extremoz, por exemplo. Nós consideramos inicialmente aqueles que moram em outros estados ou que por algum motivo maior estão impossibilitados de ir para casa”, explicou o pró-Reitor.

Ainda de acordo com Edmilson, na última sexta-feira (20) cerca de 400 estudantes fizeram refeições no RU. Aos poucos, todos os que solicitaram e justificaram a permanência na Universidade serão atendidos.

Com relação ao encurtamento do prazo para o dia 21, como denunciado pelos estudantes, Edmilson Lopes declarou que isso aconteceu em razão do fechamento do Restaurante na segunda (23).

“Não era possível receber as documentações e analisar tudo até a segunda, pois eles ficariam sem as refeições do almoço, já que o restaurante fecharia. Nós viramos a noite trabalhando nisso e já hoje (26) os demais estudantes estão sendo atendidos. A priorização de alguns casos não significa que não vai ter alimentação para todos”, esclareceu.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *