+ Notícias

PSL pede impeachment de Bolsonaro

Parece que o jogo virou. A deputada federal Joice Hasselman (PSL/SP) protocolou nesta sexta-feira (24) um pedido de impeachment contra o presidente da República Jair Bolsonaro.

Líder do PSL na Câmara dos Deputados, Hasselman era bolsonarista de carteirinha até romper em 2019 com o governo e virar alvo de perseguição e ataque pela rede bolsonarista nas redes sociais.

As informações do pedido de impeachment são da colunista do portal Uol Constança Rezende.

O PSL, partido pelo qual Bolsonaro se candidatou à presidência da República, vai justificar o pedido de impeachment alegando crime de falsidade ideológica na informação publicada no Diário Oficial da União sobre a exoneração “a pedido” do ex-diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, o que o ex-ministro da Justiça Sergio Moro negou.

De acordo com a jornalista, o PSL também defenderá “notória tentativa de intervenção de Bolsonaro na Polícia Federal, valendo-se das prerrogativas de Chefe de Estado, com o fim de obter informações sensíveis e privilegiadas de uma instituição cuja independência deve ser pilar do Estado Democrática”.

Jair Bolsonaro deixou o PSL em 2019 após um embate com o presidente da sigla Luciano Bivar. Atualmente o presidente está sem partido, mas luta para conseguir assinaturas para criar o Aliança para o Brasil.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *