CIDADANIA

Quatro pessoas com covid-19 morrem nas últimas 24 horas à espera por um leito de UTI no RN

Entre a segunda (3) e esta terça (4), quatro pessoas doentes com covid-19 morreram no Rio Grande do Norte à espera de um leito crítico (semi-intensivo e UTI) para internação. O número de óbitos nas últimas 24 horas motivado por espera para internação subiu de 737 para 741 pacientes que faleceram antes mesmo de conseguir receber o tratamento adequado num leito de UTI. Os dados estão no sistema de regulação que apontam, no momento, uma fila de 38 pessoas à espera de um leito, mas apenas 23 vagas disponíveis.

Das pessoas 38 pessoas na fila de espera, 21 estão na região metropolitana de Natal, onde há 19 leitos disponíveis. Outras 17 pessoas estão na região Oeste, que tem apenas quatro leitos vagos. Dos 26 hospitais com leitos destinados a pacientes com covid, 19 apresentam lotação máxima com 100% de ocupação e outros cinco apresentam mais de 90% dos leitos ocupados. A taxa de ocupação dos leitos críticos no Rio Grande do Norte é de 93%, já na região Oeste e Seridó esse índice chega aos 95% e passa para 92% na região metropolitana de Natal.

        

310 mortes nas UTI’S em 15 dias

Só nos últimos 15 dias, entre 19 de abril e 3 de maio, 310 leitos críticos foram liberados no Rio Grande do Norte porque os pacientes que estavam internados neles faleceram. Os dados do sistema de regulação apontam que, nesse período, houve picos de 32 mortes no dia 21 de abril e 31 falecimentos no dia 27. Somente na manhã desta terça (4), já foram registradas a liberação de cinco leitos por causa do falecimento dos pacientes internados.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *